Recent comments

Montes-clarense radicado em SP vence o Down Hill Urbano de Montes Claros

COM RESIDÊNCIA no litoral de São Paulo há 12 anos, o montes-clarense Heitor Rodrigues, de Ilhabela/SP, foi o grande vencedor do 1º Desafio de Down Hill Urbano de Montes Claros, realizado no último domingo, nas escadarias e rampas dos becos do Morro do Frade (Vila São Francisco de Assis), na região do Grande Santos Reis. Ele foi o único que cumpriu os 450 metros de descida abaixo da marca de um minuto, com o tempo de 54 segundos e 61 centésimos. Entre o sábado, dia para os treinos livres e classificação, e o domingo, a prova reuniu 32 competidores e com a promessa de voltar ao calendário local no ano que vem.

COM APENAS 19 anos, Heitor Rodrigues já tem resultados de expressão no currículo do Down Hill Urbano (ou DHU, como preferem falar), como o 3º lugar na categoria Sub-23 (2013) e o vice-campeonato na categoria Júnior (2012) da Descida de Santos, a prova mais prestigiada da modalidade no País.

UNIVERSITÁRIO DO curso de Engenharia Civil, ele espera se tornar profissional no esporte, mas acredita que a transformação só será possível diante de resultados de destaque. Por enquanto, além do banco de faculdade, divide os treinos com o trabalho de reflorestador da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Ilhabela. “O Brasil tem pelo menos duas grandes provas por mês. Como os custos são altos, ainda não dá para seguir o calendário todo”.

ELOGIOS

SOBRE A qualidade da prova em Montes Claros, só teceu elogios. “É uma pista muito boa por ser rápida e muito inclinada. Como é bem estreita aumenta o grau de dificuldade. Como já participei de várias provas, principalmente em São Paulo, posso afirmar que está entre os melhores roteiros que já vi”, resumiu.

O DHU de Montes Claros foi dividido em três categorias e Heitor venceu a “Full” para bicicletas com suspensão nas duas rodas. Thiago Avelar foi o segundo (1 min 3 seg e 50) e Matheus Vinícius o terceiro (1min 3 seg 53).

NA CATEGORIA Sub-18, vitória de Lucas Amaral, com o tempo de 1 minuto, 4 segundos e 69 centésimos, seguido por Maykson Pablo Cardoso (1 min 4 seg e 81) e Joélio Ravan (1 min 5 seg e 97). Na Over-18, quem venceu foi Léo Tadeu Santos, com a marca de 1 minuto, 7 segundos e 25 centésimos. Everaldo Ferreira (1 min 9 seg e 03) e Anderson “Kpuxo” Júnior (1 min 9 seg e 43) foram o 2º e 3º colocados, respectivamente.

RECONHECIMENTO

O ORGANIZADOR geral da disputa, Geraldo Romildo, preferiu falar do desafio em organizar uma prova como esta durante três meses e que ficou marcada pela mobilização popular para a utilização dos becos como pistas. “Não há como não destacar a compreensão e o comprometimento de todos, entre moradores, comerciantes do bairro e os amantes do esporte. Fica aqui o agradecimento em nome dos participantes do Down Hill”.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.