Recent comments

Funorte abre dois, passa sufoco e só garante vitória com lateral

Garotada do Coimbra deu trabalho ao FEC
PARECIA FÁCIL, mas não foi. O Funorte chegou a abrir dois a zero em menos de dez minutos, permitiu o empate e somente ao final do segundo tempo garantiu a quarta vitória seguida no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. O jogo foi contra o Coimbra, quarta-feira à noite, para 150 pessoas que estavam nas arquibancadas do Estádio José Maria Melo.

COM O resultado, o time se manteve na primeira colocação da Chave B, agora com 12 pontos. Os gols foram marcados por Léo Andrade (de cabeça, logo no 1º minuto), Rafinha (num chute cruzado de dentro da área, aos 9’) e Marcel (de cobertura, na entrada da grande área, aos 33 do 2º tempo).

NO FINAL de semana, o Funorte cumpre a folga da Chave e voltará a campo na terça-feira da semana que vem, contra o Valério Doce, em Itabira. O artilheiro Léo Andrade está fora dos planos por causa do terceiro cartão amarelo. Da mesma forma o zagueiro Reginaldo, que já havia sido substituído contra o Coimbra, por causa de uma contusão, mas ficou no banco de reservas e acabou expulso por reclamação.

SOBRE O jogo, o técnico Luiz Eduardo Lima preferiu creditar a dificuldade que o seu time teve com o fato de o Coimbra ter pressionado. “Futebol não se decide com apenas 10 minutos de jogo. Fizemos dois gols e só. Eles estavam atrás do placar. Apostaram em quatro atacantes e conseguiram até empatar. O Marcel teve todo o mérito do gol que nos garantiu os três pontos”, disse.

AO MESMO tempo, o treinador comemora a folga na tabela. “Providencial porque estávamos numa sequência de duas viagens e quatro jogos em apenas duas semanas. Mesmo com boas opções, o elenco sente”, acrescentou. Nas suas contas, o Funorte cumpriu a meta até aqui, até porque está com oito pontos de vantagem em relação ao quarto colocado. Os três primeiros classificam-se para o Hexagonal Final. (foto: Rubem Ribeiro)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.