Recent comments

Além do Viva Vôlei, time será parceiro em projeto que associa esporte à educação

Bob é um dos pontas do Montes Claros Vôlei
ALÉM DO programa Viva Vôlei, que a CBV reeditará com a montagem do novo time da cidade na Superliga Nacional, as crianças e jovens de Montes Claros terão acesso em outra ação da equipe profissional para ter contato com a modalidade. Nesta sexta-feira, teve a primeira sessão do projeto “Vôlei na Escola”, com clínica para cerca de 100 alunos da Escola Municipal Geraldo Pereira de Souza (Bairro Santa Lúcia II), no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves.

O PROJETO vai além do lado esportivo. A iniciativa propõe também um bate-papo entre atletas e estudantes sobre a importância do planejamento, disciplina e organização, princípios básicos do esporte de alto rendimento.

SOBRE O Viva Vôlei, cujo material esportivo é custeado pela CBV, os dois primeiros núcleos de iniciação esportiva para crianças e jovens funcionarão no Clube do Trabalhador do Sesiminas, na Vila Regina, e no Montes Claros Tênis Clube (MCTC). O município é responsável pela contratação dos instrutores e estagiários.

NA VISITA que fez à cidade, semana passada, o superintendente técnico da CBV, Renato D’Ávila, adiantou que é meta da entidade formar 10 núcleos em Montes Claros. “A preferência é por regiões que apresentem maior índice de riscos sociais”, disse. Na terça-feira, durante a apresentação dos atletas do Montes Claros Vôlei/Monte Cristo, o professor universitário Janílson Miranda foi convidado para ser o coordenador local do Viva Vôlei.

EM SÃO PAULO

NESSA QUINTA, em solenidade na capital paulista, a CBV lançou oficialmente as Superligas Masculina e Feminina com a presença de técnicos e atletas de cada uma das equipes participantes. No entanto, por uma questão de logística, nenhum dos jogadores do Montes Claros Vôlei pode participar.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.