Gera Macalé se apresenta como "amuleto" do Bicho

Gera Macalé esteve nos primeiros anos do Bicho
ALÉM DA contratação de jovens atletas da cidade e região e dos inúmeros reforços vindos de Minas e de outros estados, o Montes Claros também aposta em quem tem o “pé quente” para que a campanha seja bem sucedida no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão e termine com o acesso ao Módulo II/2014.

TRATA-SE DO massagista Gera Macalé, que fez parte da comissão técnica no início da história do Bicho, ainda nos anos 90. Com ele, o clube teve dois acessos seguidos e chegou à elite do futebol estadual em 1996. Sempre sorridente, ele garante que o Montes Claros vai subir. “A gente tem camisa”, disse, ao se referir à gíria do futebol que faz alusão ao fato de um clube ser conhecido.

COMO O futebol tem também o seu lado folclórico, Gera acredita que tenha a função de amuleto e aposta na coincidência para que o Montes Claros consiga o acesso da Segunda Divisão para o Módulo II, como aconteceu em 1994. Naquele ano, o técnico Didi também era o comandante do Tricolor.

FILHO DO famoso Adão Padeiro, uma das figuras locais mais conhecidas pelo ofício de entregar pão de casa em casa pela cidade inteira, Gera completou 51 anos no último dia 19 e disse que aprendeu o ofício apenas olhando, ainda quando exercia a função de mordomo (roupeiro) – responsável em arrumar os materiais esportivos.

ALÉM DO Montes Claros, passou antes pelo União São Pedro e depois pelo Ateneu, Funorte, Estrela do Norte/ES e Jacareí/SP.

Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: