Com dois adiamentos seguidos na 1ª Divisão, Amador só teve jogos da Segundona

CLUBES MOSTRAM união e assinam documento pedindo jogos somente quando houver julgamentos; na Série B, Boca do Gole sobra

O CAMPEONATO Amador da 1ª Divisão continua paralisado e completou no último sábado seu segundo final de semana sem jogos. Como não houve julgamento na sessão da terça-feira (25), da 1ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), nove dos 11 clubes solicitaram à Liga Montes-clarense de Futebol, no dia seguinte, o segundo adiamento da 8ª rodada da primeira fase.

A MEDIDA foi anunciada oficialmente em nota assinada pelo presidente da LMF, Eliezer Moreira dos Santos, o Liu. No documento, ele observa que a rodada “foi adiada (...) para que a 1ª Comissão Disciplinar do TJD julgue os processos ali pendentes, uma vez que em Sessão de Instrução e Julgamentos (...) não houve julgamento”.

CONFORME PAUTA, seriam analisados e julgados nove processos. Dois deles chamam mais a atenção: a denúncia de atleta irregular no time do Mackenzie, atual líder isolado da 1ª Divisão, e o atraso do Magalhães em seu compromisso pela primeira rodada, contra o Cassimiro de Abreu. O jogo não aconteceu.

SEGUNDA DIVISÃO

COM UMA
rodada de antecedência para o fim da 1ª fase, o Boca do Gole Futebol Clube sacramentou a liderança geral do Campeonato Amador da Segunda Divisão. No sábado, o time venceu o San Diego Júnior por 4 a 3 e chegou aos 19 pontos.

MESMO QUE perca na última partida, não poderá ser mais alcançado. Dos sete jogos até aqui, o Boca venceu seis e empatou um, balançou as redes 17 vezes e tem saldo positivo de oito gols.

NO OUTRO jogo do fim de semana, o Nasa venceu o Internacional do Village do Lago por 1 a 0 e chegou à segunda colocação, agora com 13 pontos.

COM APENAS cinco times, o Campeonato terá apenas um eliminado na 1ª fase (dois turnos). Como folgará na última rodada, o San Diego Júnior (3 pontos) não tem mais chances de classificação. Conforme o regulamento, os quatro primeiros disputarão as semifinais.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: