Quarta só de derrotas no Júnior

CASSIMIRO LEVA gol aos 49' em casa e não marca nenhum ponto, enquanto o Funorte perde a terceira em BH

A QUARTA-feira não foi nada positiva para os times de Montes Claros que disputam o Campeonato Mineiro Júnior. Cassimiro de Abreu e Funorte foram derrotados em seus compromissos pela 3ª rodada do turno da 1ª fase e se distanciaram da briga direta pelas duas vagas da Chave B para o Hexagonal Final.

COELHO VENCEU

NO PRIMEIRO
compromisso de ontem, logo pela manhã, no Centro de Treinamentos Lanna Drumond, em Belo Horizonte, o Funorte acumulou sua terceira derrota consecutiva. Com gols de Bruno e Silas, um em cada tempo, perdeu para o América por dois a zero. O maior volume de jogo do adversário impressionou.

O TIME tricolor entrou em campo com uma série de problemas. Três atletas titulares (Léo, Filipe e Wilton) cumpriram automática pela expulsão. O resultado manteve o Formigão na lanterna do grupo, sem pontos ganhos. A equipe do técnico Borges teve Manu; Júnior, Altamiro, Ricardo e Diney; Barbosa, Juninho (Rafael), Luan (Elias) e Gabriel; Jorge Luiz (Magdiel) e Marquinhos (Marcelo).

A CHANCE de reabilitação já virá neste sábado, contra o Pedro Leopoldo, na cidade de mesmo nome. Restam ainda mais sete rodadas e o aproveitamento do FEC, que no ano passado foi para o hexagonal final e terminou na quarta colocação geral, terá de ser acima dos 70%.

METALUSINA TAMBÉM

O AZAR
parecido teve o Cassimiro de Abreu, que jogou em casa contra o Metalusina na briga direta pela liderança, e acabou superado aos 49’ do segundo tempo, após perder um jogador por expulsão. A diretoria reconheceu a sucessão de erros, mas não deixou de criticar a atuação do árbitro Igor Benevenuto, que deixou de marcar pelo menos dois pênaltis a favor do time montes-clarense. O adversário traz à cidade um velho conhecido: o técnico Herivelto Martins, que por dois anos esteve à frente das categorias de base do Funorte.

AINDA SOBRE o jogo, sem a mesma aplicação tática do jogo anterior, quando venceu o clássico local diante do Funorte, os cassimirenses viram os visitantes de Barão de Cocais abrirem dois a zero até os 20 minutos do segundo tempo, gols de Diego e Edgar. Uma modificação no ataque, com a entrada de João Alfredo na vaga de Rafael Lola, foi suficiente para que o time melhorasse o rendimento no ataque.

E VEIO o empate. O próprio João Alfredo diminuiu aos 23 minutos e, aos 47’, quando a derrota parecia certa, Stefan acertou uma cobrança de falta e deixou o placar todo igual. Mas na saída de bola, uma jogada de marcação deixou o ponto escapar logo em seguida. João Alfredo cometeu a falta na entrada da área, acabou expulso e na cobrança, o Metalusina voltou a ficar na frente, com Edson, aos 49’ minutos. O Cassimiro jogou e perdeu com Lenílton; Nelson Júnior (Neto), Acássio, Chalalau e Stefan; Pablo, Leílson, André, Rafinha; Rafael Lola (João Alfredo) e Índio.

NESTE SÁBADO, o “Mais Querido” terá mais um compromisso como mandante, às 15 horas, diante do Villa Nova.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: