Do final de julho até agora, grupo Tricolor já sofreu mudanças

AO LONGO dos últimos nove dias, 19 jogadores do Montes Claros tiveram seus contratos publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, número mais do que suficiente para o primeiro jogo na Segundona. Todos estão com validade até o dia 26 de novembro deste ano.

DO DIA 31 de julho, quando os jogadores foram apresentados, até hoje, o elenco do Montes Claros Futebol Clube sofreu pequenas modificações, algumas por opções técnicas e outras por questão de oportunidade.

EM RELAÇÃO ao grupo “original”, por exemplo, já deixaram o Tricolor o lateral Alan e o meia Júnior, vindos da Ferroviária/SP, o zagueiro Natan e os atacantes Pará e Alan Júnior. Nos dois primeiros casos, a opção da comissão técnica foi, digamos, econômica, pois o clube teria pelo menos R$ 2 mil de despesas com transferências entre estados justamente num momento de muitos gastos com registros de contratos e taxas na FMF. Nos outros casos, a questão foi mesmo técnica.

POR OUTRO lado, dois atletas chegaram ao clube: o zagueiro Weslley, cedido por empréstimo pelo Cruzeiro, e por último o goleiro Gabriel, que é norte-mineiro de São Francisco. Aos 21 anos, teve passagens pelas categorias de base de dois grandes clubes brasileiros: Grêmio e Atlético/PR entre 2009 e 2011. O jogador foi revelado pela Amparense, do interior paulista e por último esteve no Fluminense de Araguari, onde sofreu uma contusão no púbis, da qual já está recuperado.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: