Cassimiro vive "Dia D" e pode sair do Mineiro Júnior por falta de suporte financeiro

Cassimiro garantiu vaga da seletiva e pode desistir por falta de suporte
DE VOLTA a uma competição federada depois de mais de 20 anos, o Cassimiro de Abreu pode suspender as atividades antes mesmo do término da competição, embora esteja classificado para a primeira fase do Campeonato Mineiro Júnior.

O PROBLEMA seria de ordem financeira com a perda do patrocinador master de uma rede de supermercados que o ajudou até agora. O clube disputou a fase seletiva do estadual da categoria e ficou com a segunda colocação da Chave A garantindo uma das vagas automáticas para a primeira fase.

COM HOSPEDAGEM, alimentação e salários, o clube tem despesas mensais em torno de R$ 20 mil. O transporte para as outras cidades já é garantido pela Transnorte. Uma reunião ao final da tarde desta sexta-feira, no estádio José Maria Melo, com a participação de vários diretores, vai definir sobre a continuidade do projeto. Havia a esperança de um apoio do município, o que ainda não aconteceu. O argumento pela ausência de repasse até agora estaria no veto da legislação, por se tratar de um ano eleitoral.

A ESPERANÇA de abortar a idéia de desistir, como disse uma pessoa ligada ao clube, seria o possível interesse de uma rede de eletrodomésticos em ajudar o Cassimiro de Abreu. A empresa que chegou à cidade há poucos meses já tem ligações com o futebol, pois já patrocinou clubes como o América de Teófilo Otoni e o América/BH.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: