Bicho terá camisa com a própria marca

CLUBE QUER vender uniformes de todos tamanhos e em tempo recorde, já que vai fabricá-los na própria cidade

Modelo da camisa nº 2 já fabricada pela empresa ligada ao clube
JÁ QUE apostará em jogadores de fora da cidade para montar a maior parte do elenco para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, pelo menos para os uniformes a receita tricolor será absolutamente caseira. As camisas de jogos e de treino do Montes Claros FC, assim como os agasalhos de viagem e os uniformes da comissão técnica, serão produzidas pela fábrica vinculada ao clube: a Mocellin Sports.

A EMPRESA é do próprio presidente (Ville Mocellin), que vai concentrar toda sua produção nos uniformes tricolores – que, por sinal, serão idênticos aos do Grêmio, tanto o número um (listrado) como o reserva (branco com faixas horizontais na altura do peito). A aposta nesta receita de casa visa a redução de custos para atender às demandas do clube e da própria torcida.

“VAMOS FABRICAR camisas para o time e ao mesmo para a torcida, inclusive no tamanho infantil e para as mulheres”, disse o dirigente. Há uma semana, quando foi apresentado à imprensa, o técnico Wantuil Rodrigues já utilizava a camisa número 2 já fabricada pela empresa.

ASSOCIAR SUA empresa ao projeto do futebol profissional é uma forma também de fugir dos longos prazos que as empresas especializadas colocam para a entrega dos materiais esportivos. “Você fica refém dos prazos quando o fabricante não é daqui. Com a fábrica na cidade, qualquer que seja a necessidade a gente consegue o uniforme de um dia para o outro. Acho que isso será mais vantajoso para o torcedor”, disse.

NO PONTO comercial anexo ao prédio que foi cedido por um empresário para ser a concentração dos atletas (antigo hotel Macedo), na esquina das ruas Dom Pedro II e Doutor Santos, será montada uma vitrine para a venda das camisas. O local será rebatizado como “Toca do Bicho”. Há possibilidade de o Montes Claros oferecer à torcida um carnê com a venda antecipada dos ingressos de seus três jogos na 1ª fase do Mineiro. Como vantagem, o pacote ofereceria ainda ao comprador uma camisa oficial de jogo.

TAMBÉM DE CASA

É ATÉ
exagero dizer que todo o elenco do Bicho será de forasteiros. O clube já anunciou a contratação de dois atletas nascidos na própria cidade: o meia Rafael Mendes, o Bill, e o atacante Vinícius Valverde, que já passou pelo Funorte em 2011. Segundo o treinador, o terceiro goleiro do elenco também seja de Montes Claros. Os outros dois, Douglas Borges e Carlos Eduardo, que passaram pela base de Cruzeiro e Atlético, vêm de fora (Volta Redonda/RJ e Social de Coronel Fabriciano).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: