Mineiras são vice-campeãs na campanha do segundo acesso

BASE DO Estado agora está na elite do basquete sub-17 feminino brasileiro, resultado de um trabalho de menos de um ano

SOB O comando do montes-clarense Rogério Sant’Anna, Minas Gerais tornou-se vice-campeã brasileira da 2ª Divisão no basquete feminino Sub-17. O segundo lugar geral veio na final desse domingo (6), com a derrota na final para o Distrito Federal por 54 a 47, no Clube Vizinhança, em Brasília/DF.

MENOS MAL que o resultado não impediu o time de alcançar outro grande objetivo dentro da competição: as mineiras garantiram uma das três vagas de acesso para a divisão de elite da categoria, em 2013, ao lado das campeãs brasilienses e das pernambucanas, que conquistaram o terceiro lugar geral. Os três estados substituem aos rebaixados Pará, Rio Grande do Sul e Paraíba, últimos colocados na 1ª Divisão disputada em Palmas/TO, em abril.

ANTES DA decisão de anteontem, Minas Gerais havia realizado a melhor campanha geral com três vitórias na primeira fase (75x48 Distrito Federal, 74x37 Rio Grande do Norte e 69x29 Rondônia) e outra na semifinal (42x38 Pernambuco).

SEM REPETIR

O CURIOSO
é que embora tivesse derrotado as brasilienses na estreia, o time não conseguiu repetir o desempenho contra o mesmo adversário na final geral. Além da torcida contrária, o técnico Rogério teve alguns problemas para mandar o time à quadra. Três atletas apresentaram contusões depois da semifinal, sendo que uma delas precisou até de atendimento em hospital. O trio acabou jogando a decisão no sacrifício.

A ARMADORA Fernanda, do Varginha Tênis Clube, foi eleita a melhor atleta de sua posição e está na seleção de todo o campeonato. Ela anotou 45 pontos na campanha mineira e foi a melhor assistente, com 23 acertos. Já ala Maria Isabella, também da equipe de Minas Gerais, foi a maior pontuadora no geral, com 98 pontos.

A PIVÔ Gessiane, que tem vínculo com o Biotécnico/Funadem, disputou o Brasileiro por Goiás, seu estado natal e foi a jogadora com a maior eficiência no ataque. Também ficou na seleção geral na disputa. Como tem menos de 4 meses de filiação na Seleção Mineira, não pôde jogar como o técnico Rogério Sant’Anna.

COM ROGÉRIO, também técnico do Biotécnico/Funadem/Montes Claros, esse foi o segundo acesso consecutivo de Minas Gerais em menos de um ao. No ano passado, foi campeã da 3ª Divisão e agora vice na 2ª Divisão.

AS VICE-campeãs são ala Isabela Neves (Santa Luzia), armadora Fernanda (Varginha), pivô Maria Isabella (Uberlândia), ala Danielly (Uberlândia) e pivô Andreza (São Lourenço), que fizeram todos os jogos como titulares; e ainda: ala Caroline (Araguari), ala Keylla (Montes Claros), pivô Alynne (Montes Claros), ala Mariana (Cataguases), pivô Isabela Rosa (Araguari), ala Isabela Maria (Araguari) e ala Isabela Scher (Cataguases).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: