Copa dos Comerciários: SESC recebe final neste feriado

ALÉM DO título com premiação em dinheiro, ginásio concentrará a decisão pelo terceiro lugar e as finais do concurso da musa

A FINAL
da 4ª Copa dos Comerciários é o destaque do feriado desta terça-feira, Dia Internacional do Trabalho. Supermercados BH e MC Motos decidem o título, às 10 horas, no Ginásio do SESC. A entrada é franca. Nas quartas-de-final, os times se enfrentaram na segunda rodada do Grupo B e a MC Motos venceu por 5 a 1.

ALÉM DA
definição do campeão, que garantirá o prêmio extra de R$ 700,00 em dinheiro, o público vai acompanhar a decisão do terceiro lugar entre DN Motos e New Photo (às 9 horas) e, também, a escolha da musa da Copa com o desfile das oito finalistas escolhidas entre as 18 candidatas através de votação popular pela internet.

CANDIDATA


A MORENA
Fabiana Santos de Souza participa de um concurso de beleza pela primeira vez a partir do incentivo dos colegas de trabalho na filial da New Photo – próximo à Igreja Matriz. Aos 24 anos e sempre uniformizada fez questão de ir a todos os jogos e, talvez por isso, teve uma das páginas mais acessadas durante a votação no site do Sindicato dos Empregados do Comércio.

“INFELIZMENTE NÃO
estamos na final, mas quem sabe posso ganhar esse concurso da musa”, analisou a jovem, que parecer levar tudo na esportiva: “o mais importante é participar e confraternizar”, disse ao JN. A musa receberá uma premiação de R$ 600,00 mais uma viagem com as despesas pagas – e um acompanhante – para o SESC de Januária.

INCENTIVO


EMBORA TAMBÉM
tenha o discurso de que “incentivar a prática do esporte é mais importante do que vencer”, a empresária Nice Rametta, já conhecida como incentivadora de vários pilotos de Motocross e Enduro, espera melhor sorte neste ano. Em 2011, o time montado por ela e o marido Jackson, com as cores da MC Motos, foi vice-campeão.

“UAI, NÃO
que é chegamos à final de novo?”, indaga Nice, que se considera “pé-quente”. Seu time perdeu apenas uma vez até agora, “justamente no dia em que estava viajando e não pude acompanhar”. Nesta mesma copa, a finalista MC Motos já garantiu um título: de torcida mais animada durante a solenidade de abertura.

COM 24
equipes, a Copa teve início ao final de março. De lá pra cá, foram 62 jogos com 525 gols marcados. Para entrar em quadra a cada rodada o atleta foi obrigado a apresentar sua carteira de trabalho e mostrar o vínculo empregatício com a empresa da qual vestia a camisa de jogo.

ARTILHEIRO


TAMBÉM NESTA
terça-feira, serão premiados – com troféu e dinheiro (R$ 300 para cada) – o artilheiro e o goleiro menos vazado, briga restrita somente entre os oito times que chegaram às quartas-de-final. Gabriel (DN Motos), com 15 gols, e Rondinelli (New Photo), com 14, levam também para a disputa de terceiro lugar a briga pelo posto de maior goleador da Copa.

JAIR (MC
Motos) é, até agora, o arqueiro que menos sofreu gols (-18), mas nesta terça tem a concorrência de Thiago (New Photo) e Robson (BH), que levaram 21 e 22 gols, respectivamente. “Embora ainda tenhamos a final, acredito que a Copa cumpriu seu objetivo diante da grande aceitação de jogadores, torcida e empresas”, disse Léo Ramos, coordenador geral da disputa.

JUNTAMENTE COM
o Sindicato dos Empregados no Comércio, a Copa teve o apoio do SESC, Sindcomércio Varejista, Sindcarnes, Topper e a Clínica Bem-Estar Saúde.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: