Funorte é goleado outra vez

TIME SOFRE a segunda virada seguida e a quinta derrota no Módulo II; segue candidatíssimo ao rebaixamento para a Segundona 2013

O FUNORTE voltou a ser goleado no Campeonato Mineiro do Módulo II. Perdeu de virada para a URT, no último domingo, à tarde, no estádio Júlio Aguiar, em Patrocínio, por cinco a dois, e segue o seu calvário na Chave A. É o lanterna ainda sem pontos ganhos e a cinco de distância do adversário mais próximo (Uberlândia).

FAZ A pior campanha entre os 12 participantes da competição e mesmo a cinco rodadas do término da primeira fase segue como o maior candidato – disparado – ao rebaixamento. O último colocado de cada chave cai para a Segunda Divisão (série C/2013). Do outro lado, o time de pior campanha é o Tricordiano, mas com cinco pontos.

EDISON ALEGRIA abriu o placar aos seis minutos do primeiro tempo, mas a URT virou antes do intervalo, com Ditinho e Robinho. O zagueiro Alisson Catorta voltou a igualar o placar para o Tricolor aos 6’ da etapa final, mas dois minutos depois o clube de Patos já retomava a vantagem com Jean Karlo. Rodrigo e Ditinho, outra vez, fecharam a contagem.

TRÊS FORA

ESSE FOI o terceiro jogo do Funorte como mandante, mas outra vez teve que ser realizado longe de Montes Claros por causa do veto do Estádio José Maria Melo (ainda pendente da autorização de uso por parte do Ministério Público). No domingo que vem, os times voltam a se enfrentar na primeira rodada do returno, às 16 horas, em Patos de Minas.

O MEIA Léo Baiano recebeu o cartão vermelho direto depois de cometer um carrinho sem bola no adversário. Terá de cumprir suspensão automática. O volante Felipe, que estava pendurado, recebeu o terceiro amarelo e não jogará em Patos no fim de semana que vem. Por outro lado, Eddiê, que esteve de fora em Patrocínio por causa do terceiro cartão amarelo, volta aos planos do técnico Eduardo Amorim.

O COMANDANTE do Funorte disse à imprensa de Patos que o seu time conseguiu equilibrar as forças no poder de ataque, mas voltou a falhar no setor defensivo, “o que compromete toda a estabilidade de uma equipe”. De fato, a defesa Tricolor vai de mal a pior. Nos últimos dois jogos, sofreu 8 gols. No total, teve o seu gol vazado 16 vezes, média superior a três por confronto.

FICHA TÉCNICA

FUNORTE: WILSON Martins; Vítor (Fayllon), Alisson Catorta, Anderson Mendes (Kayke) e Diogo (Diney); Felipe, Mardônio, Esquerdinha e Léo Baiano; Dandão e Edison Alegria. DT - Eduardo Amorim. 

URT: FRANÇA; Leandro, Gilson Baiano, Danilo Mendes e Carlão; Joilson, Dinei (Vagninho) e Jean Carlo (Rodriguinho); Robinho, Ditinho e Rodrigo Santos (Nelito). DT - Auecione. Renda: R$ 4.560,00. Público: 581 pagantes.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: