Estádio José Maria Melo é vetado outra vez pela FMF

JOGO CONTRA o Araxá, válido pela terceira rodada, já foi marcado para o estádio Zama Maciel, em Patos

NA VÉSPERA de mais um jogo pelo Módulo II, o Funorte foi surpreendido pela nota oficial 015/2012, divulgada pela FMF nesta tarde e assinada pelo chefe do departamento de futebol, Edmar Francisco Pires, que determina a mudança de mando de campo para seu jogo contra o Araxá, dia 3 de março, pela 3ª rodada.

CONFORME O documento, o FEC não poderá mandar a partida em Montes Claros “em face à falta dos laudos técnicos do Estádio José Maria Melo”. Diante da indisponibilidade, o clube foi obrigado a indicar o estádio Zama Maciel, pertencente à URT, para jogar contra o Ganso.

A HISTÓRIA se repete. Na primeira rodada, pelo mesmo motivo, o Funorte levou seu jogo contra a Patrocinense para Patos de Minas, mas recorreu ao estádio Bernardo Rubinger Queiroz, que pertence ao Mamoré. Agora, fez a escolha pelo campo da rival URT, que tem os custos menores com o aluguel.

SOBRE O veto do estádio José Maria Melo, o supervisor Odair Borges disse que o problema está relacionado à elaboração dos projetos de arquitetura e engenharia, que precisam ser atualizados, o que não foi concluído até o momento. Segundo ele, que conversou com a VENETA por telefone, ontem, direto de Uberlândia, o clube tinha a esperança de que a FMF aguardasse pelos laudos até a próxima segunda-feira, mas como “a nota oficial foi publicada, não há qualquer possibilidade de reversão e o Funorte terá mesmo de jogar no estádio Zama Maciel”.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: