Com 90 jogadores, tênis lança maratona de 24 horas

JOGO ÚNICO será iniciado às 8 da noite desta sexta-feira e encerrará no mesmo horário, sábado, no Max Min

24 horas de Tênis: iniciativa é inédita em Montes Claros (fotos: MM)
DEPOIS DO handebol, vôlei e do basquete, chegou a vez dos praticantes do tênis aceitarem o desafio de realizar um único jogo com a duração de um dia inteiro. A Maratona Solidária 24 horas de Tênis terá início nesta sexta-feira, com o disparo do cronômetro às 20 horas, no Max Min, com projeção de reunir entre 90 e 100 jogadores do próprio clube e da comunidade, que serão divididos em duas equipes.

A CONTAGEM dos pontos será por “games” e cada atleta poderá permanecer na quadra por até uma hora contínua até ser substituído, mas terá a chance de voltar. A cerimônia de abertura será marcada pela queima de fogos, pronunciamentos e assinatura do livro de presenças. O presidente Gualter Pereira fará o jogo inicial. Até às 20 horas de sábado, haverá à disponibilidade do público caldos, massas, bebidas e churrascos.

A INSCRIÇÃO poderá ser feita até momentos antes mediante ao pagamento de uma taxa e a doação de um quilo de alimento para a montagem de cestas básicas que serão doadas a entidades assistenciais da cidade.

ATÉ VIDEOGAMES

Um dos jogos da maratona tentará colocar o maior número de jogadores em quadra ao mesmo tempo
OS JOGOS serão disputados somente na quadra 1, mas das 17 às 22 horas, outras sete quadras serão abertas para aquecimento. Durante a Maratona 24 horas, a quadra 2 ficará reservada para aquecimento. Um painel eletrônico será reservado para a contagem da pontuação. Mas quem estiver na disputa terá o reforço daqueles do lado de fora. Dois videogames serão montados para que as crianças também joguem tênis por suas equipes. “Os pontos serão incluídos na contagem geral”, disse o diretor Ricardo Barbosa, o Picado.

A IDEIA dos diretores vai mais além do jogo propriamente dito. Para aqueles que ainda se consideram “verdes” para uma competição, haverá clínicas de tênis com técnicos e especialistas para noções de saque, ataque e regras. Ainda nos planos, a realização de um “jogo” com o maior número possível de tenistas de cada lado da quadra. “Não vamos estabelecer limites”, brinca Picado.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: