Além dos R$ 10 mil pelo aluguel, quase mais R$ 5 mil de despesas para mandar jogo em Patos

ALÉM DOS R$ 10 mil com a taxa de aluguel do estádio do Mamoré, o Funorte também teve que assumir as taxas da FMF. As despesas do domingo chegam a R$ 4.461,22. O jogo teve apenas 330 pagantes. O Patrocinense custeou quatro ônibus de excursões para seus torcedores, já que a sua cidade está a apenas 72 quilômetros de Patos de Minas.

A PRÓXIMA semana e meia será de folga na tabela, já que a Federação Mineira de Futebol (FMF) não marcou jogos pelo Módulo II no período do Carnaval. Em uma rodada que não teve empates na Chave A (Araxá 1x0 Uberlândia e URT 1x3 Mamoré), o gol marcado pelo FEC o colocou na quarta colocação.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: