3 a 0 na Vila Leopoldina

MAIS UMA queda do BMG/Montes Claros. Na manhã deste sábado, o time foi derrotado pelo Sesi/SP, por 3 a 0, pela sétima rodada do returno da Superliga 2011/2012, resultado que lhe manteve na antepenúltima colocação geral com apenas 15 pontos. As parciais do ginásio da Vila Leopoldina, na capital paulista, foram de 21/25, 17/25 e 17/25, em uma hora e 14 minutos.

Reffatti foi o maior pontuador pelo lado do Montes Claros: 9 pontos
O TIME foi competitivo no primeiro set, tanto que esteve à frente nas duas primeiras partes. Abriu até uma vantagem de quatro pontos (14/10), mas o rendimento caiu repentinamente. Nenhum de seus jogadores chegou a marcar 10 pontos. Reffatti foi o maior pontuador, com nove.

EM TODO o jogo, foram 22 erros para cada lado, mas o Sesi, que é o atual campeão brasileiro, soube compensá-los na rede. Foram 15 bloqueios a seu favor, contra apenas cinco do Montes Claros. O time paulista teve ainda 10 ataques a mais.

ESSA FOI a 12ª derrota do BMG/Montes Claros na competição, sendo a 8ª por 3 a 0. Na quarta-feira, às 19h30, receberá no Poliesportivo Tancredo Neves o Volta Redonda, outro time da parte de baixo da tabela. Com essa partida, restarão mais quatro rodadas para o término do returno da 1ª fase e o Montes Claros precisaria de 100% de aproveitamento, além de quatro derrotas seguidas do BMG/São Bernardo, para ainda tentar chegar aos play-offs. O time do ABC tem 11 pontos a mais que o Montes Claros.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: