Pré-temporada em MOC e amistoso dia 29

TÉCNICO SE diz confiante em elenco, enquanto diretor não vê favoritismo de times do Triângulo e Vale do Aço

AO CONTRÁRIO dos últimos dois anos em que a delegação viajou para Janaúba, a pré-temporada do Funorte será mesmo em Montes Claros. Nas duas primeiras semanas, a agenda prevê academia, testes físicos e exames laboratoriais e clínicos.

O TRABALHO com bola deverá acontecer somente após o dia 16, nos campos da Vallée e do Max Min (ainda dependendo de acordos), uma vez que parte do gramado do estádio José Maria Melo passa por reforma (replantio) e deverá ser liberado somente na véspera da estreia do Módulo II, dia 12 de fevereiro, às 17 horas, contra a Patrocinense.

Odair Borges, diretor de futebol do FEC, ainda busca mais reforços
para o meio e ataque e assim deverá fechar o grupo

O NOVO diretor de futebol Odair Borges adiantou que a previsão é de realizar o primeiro amistoso no dia 29 de janeiro, ainda sem adversário definido. Poderá ser um clube da outra chave na primeira fase do Módulo II: Ipatinga, Tricordiano, Tombense, Social, Poços de Caldas ou Formiga. Caso contrário, a opção será mesmo por seleções amadoras de cidades do Norte de Minas ou combinados de profissionais do Norte de Minas ainda sem clubes.

SEGUNDO ELE, o ciclo de contratações ainda não está encerrado, uma vez que o Funorte tentou a contratação de mais um atacante diante da desistência de Tico Mineiro em vir para Montes Claros. Odair conversa, ainda, com mais um volante e um atacante.

PALAVRA DOS COMANDANTES

“É UM
desafio único. Tanto o técnico como os jogadores serão avaliados por este trabalho e o que nos resta é justificar esse voto de confiança numa competição tão importante como é o Módulo II”, analisou o técnico Borges.

EMBORA O time tenha vários atletas desconhecidos, o discurso da diretoria é ousado: “mesmo que tenham melhor estrutura de trabalho e até mesmo financeira, não vejo Uberlândia, Ipatinga ou outros clubes já como os donos da vaga de acesso. O nosso time vai dar muito trabalho e vamos brigar diretamente pela classificação às semifinais e depois para voltar à elite”, analisou o diretor executivo Cristiano Júnior, que voltou ao clube depois de seis meses afastado.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: