"Os argentinos"

AO MESMO tempo, marcou a recuperação técnica do oposto Federico Pereyra, maior pontuador da noite ao lado de Alberto, com 16 pontos – cada. Para se ter uma idéia da evolução do atleta, se somados todos os quatro últimos jogos antes do duelo contra os campinenses, ele havia anotado apenas 14 pontos. “Vivia um momento ruim. A gente leva para a quadra algumas coisas que vivemos do lado de fora. Acho que foi isso o que me atrapalhou”, resumiu.

RICARDO SERAFIM
, que é brasileiro, mas assim como Pereyra também veio da Argentina onde jogava pelo Sarmiento até o meio do ano de 2011, anotou 15 pontos, teve 90% de aproveitamento na defesa, quatro aces e 78% de rendimento nas recepções, foi eleito o melhor jogador em quadra e recebeu o troféu Viva Vôlei, da CBV. Mas em meio às boas notícias sobre a recuperação do time e dos atletas na competição há de se lamentar mais uma vez os problemas de goteira no teto do ginásio (veja aqui).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: