Ex-líbero é o 1º confirmado para o Conselho Deliberativo a ser criado

AINDA NA coletiva, o diretor executivo Victor Oliveira lamentou a saída do líbero Jairzinho do BMG/Montes Claros, de quem foi contemporâneo nas bases do Minas Tênis Clube. Chegaram até a dividir apartamento. “Considero como uma grande perda porque nos outros anos não tivemos o privilégio de contar com um jogador da cidade, mas é uma decisão pessoal e vamos respeitá-la”, disse, para depois assumir que tentou fazê-lo mudar de ideia.

Jair recebeu convite para fazer parte do Conselho Deliberativo
AO MESMO tempo, Victor sabe que não terá direito à peça de reposição, já que as inscrições para a Superliga foram encerradas em dezembro. Fábio Paes será o único jogador de origem para a posição em todo o grupo. “Fiquei surpreso, mas é uma decisão importante para o Jair e sei que lá na frente poderemos contar com a sua capacidade e visão técnica para ajudar nosso projeto”.

O DIRETOR, assim como o presidente da Funadem, Felipe Oliveira (seu pai), durante a coletiva de ontem, oficializou ao agora ex-líbero o convite para que seja um dos primeiros integrantes do Conselho Deliberativo do Montes Claros Vôlei, já em fase de criação.

“QUERO AJUDAR da forma que puder. Vou continuar torcendo pelo time. Para quem conheceu o vôlei de Montes Claros sabe da importância desse projeto e, por isso, serei mais um fanático ali na arquibancada. Este projeto tem que durar pelo menos mais uns vinte anos”, completou Jair, ao garantir que, “volta e meia”, disputará torneios amadores e jogará nos clubes da cidade porque não há como ficar longe do esporte.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: