A diferença é que esta foi de virada

BMG/MONTES Claros consegue vencer o 1º set, mas insiste em erros e perde para o Sesi; diretoria perde a paciência

O TIME
bem que conseguiu quebrar o jejum de sets, mas ainda não foi dessa vez que o BMG/Montes Claros reencontrou o caminho das vitórias na Superliga Nacional de Vôlei 2011/2012. Na noite dessa quarta-feira, diante de 2,4 mil pessoas no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, o Esquilão perdeu para o Sesi/SP, de virada, por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 16/25, 21/25 e 17/25, em uma hora e 48 minutos.

Montes Claros venceu o 1º set e só; bronca no vestiário foi geral
NÃO BASTASSE mais um resultado adverso, foi a primeira vez que o time saiu de quadra sob vaias. Alguns torcedores deixaram o ginásio antes mesmo do final do quarto set. Outros pediram a entrada do líbero Jairzinho, que é de Montes Claros, no time titular, incomodados com o desempenho de Fábio Paes diante dos paulistas.

PORTA TRANCADA

REVOLTA TAMBÉM
entre a diretoria e o técnico Jorge Schmidt. Depois dos quatro sets, os jogadores só voltaram à quadra para atendimento à imprensa depois de uma reunião de cerca de 15 minutos, a portas fechadas, no vestiário. Diante do clima tenso, todos foram econômicos com as palavras. O discurso comum foi de que o time tem que reagir a qualquer custo contra o Volta Redonda, sábado, no Rio de Janeiro.

UM DOS únicos pontos positivos da noite foi o oposto argentino Pereyra. Ele foi o maior pontuador da noite com 23 acertos. Segue entre os cinco melhores da Superliga com 111 pontos. Mas quem levou o troféu Viva Vôlei foi o adversário Murilo, também da Seleção Brasileira, como o melhor atleta da partida.

NO QUESITO recepção, o Montes Claros é o quarto mais eficiente da competição, com 49,42% de aproveitamento. Já no ataque e defesa, assim como na classificação por pontos, é apenas o antepenúltimo lugar 4,4% e 2,02% de eficiência, respectivamente. - foto: Fredson de Souza
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: