Jorge controla alegria e Rívoli comemora vitória

JORGE SCHMIDT está há uma semana no cargo. Ao final do jogo diante dos cariocas, disse à VENETA que, mais do que recuperar o grupo para esse desafio deste sábado, contra o Cimed, o momento exige que a alegria seja contida. “Não há qualquer dúvida de que jogamos muito bem; o tempo todo, mas não podemos transformar esta confiança em excesso, até porque perdemos um set porque erramos demais e esbarramos justamente em um saque forçado, assim como o nosso”, avaliou.

ADIANTOU, AINDA, que vai manter os titulares para enfrentar os catarinenses, mas confessa que, pelo bom rendimento nos dois primeiros jogos, sabe que o seu time está bem visado. “O nosso jogo foi transmitido para todo Brasil, mas os adversários sempre dão um jeito de saber mais”, completou.

ELEITO O melhor em quadra, com direito ao troféu Viva Vôlei, o levantador Rodrigo Rívoli, preferiu comemorar mais a conquista dos três pontos. “Estivemos muito bem, mas o desafio seguinte será do mesmo nível. Chegamos aos cinco pontos, uma vantagem considerável sobre um adversário direto como o RJX”, resumiu.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: