D.D.D. - derrota difícil de digerir

MONTES CLAROS foi abaixo da crítica no clássico; Vivo/Minas fez um 3-0 tranquilo

TODOS ESPERAVAM
por um jogo mais equilibrado contra o Vivo/Minas até por se tratar de um clássico e pelo nivelamento técnico dos grupos de atletas, mas nem mesmo o saque, fundamento que o time usou muito bem em suas vitórias até agora, funcionou.

De cinza, o Montes Claros cedeu oito pontos a mais em erros que o Minas, além de não acertar um ace sequer

E COM
poucas variações táticas e muitos erros até de ataques, o BMG/Montes Claros perdeu pela segunda vez seguida na Superliga Nacional de Vôlei 2011/2012, na terça à noite, na Arena JK, para o rival de Belo Horizonte: 3 a 0 para os minastenistas em menos de uma hora e meia de jogo, parciais de 25|21, 25|20 e 25|19.


TODOS EM QUADRA

SEM UMA estabilidade tática em quadra, restou ao técnico Jorge Schmidt usar todos os jogadores à disposição, inclusive Ricardo Serafim, ponteiro que ainda não havia começado nenhum set como titular. Ainda sim, houve equilíbrio nos ataques e bloqueios, mas o diferencial aconteceu nos saques (5 aces do Minas e nenhum do Montes Claros).

O MOC cometeu ainda 24 erros (quase um set), enquanto o Minas apenas 16.


BEM MARCADO, Pereyra conseguiu marcar apenas seis pontos e não está mais sozinho como o maior pontuador da Superliga. Foi igualado por Renan (São Bernardo) com 70 pontos e, agora, tem apenas três pontos de vantagem em relação a Wallace (Sesi).


NOS ÚLTIMOS 11 clássicos entre Minas e Montes Claros, o tradicional clube da Capital venceu sete. No histórico desde 2009, são 19 duelos e os montes-clarenses têm agora apenas uma vitória de vantagem.

Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

Paulo disse...

O Pereyra tem 70 nesta superliga ate o momento. 27+20+17+6