Curso da FMV vai garantir Carlão

FORMAÇÃO DE técnico em nível III era o único aspecto que separava o ex-capitão do Brasil do BMG/Montes Claros e solicitação está perto de resolver o problema; "esperava por essa oportunidade há anos", disse Antonio Carlos Gouveia

O BMG/Montes Claros está prestes a anunciar, a qualquer momento, o nome de Carlão Gouveia como seu técnico para a disputa da Superliga Nacional 2011/2012. O ex-capitão do selecionado brasileiro por onze anos, campeão olímpico e mundial está finalizando os últimos detalhes burocráticos para assumir o cargo, vago desde o pedido de demissão de Manu Arnaut, no dia 8 de novembro.

A PENDÊNCIA não tem nada a ver com o salário e tempo de contrato, o que já foi acertado entre treinador e a diretoria. A questão sobre o acordo que Carlão possui como Banco do Brasil dentro do projeto Embaixadores do Esporte também não parece problema. O BB deve lhe conceder o aval por escrito liberando-o para se tornar técnico pela primeira vez. - foto: divulgação

LICENÇA PARA TRABALHO

O QUE precisa ser resolvido imediatamente é “licença” de treinador para trabalhar. A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) exige que o comandante técnico de cada clube tenha o curso de nível III, o que Carlão ainda não tem em seu currículo – concluiu os cursos de níveis I e II. A solução está ao alcance do BMG/Montes Claros: a Federação Mineira de Vôlei (FMV) oferece o curso nesse nível e as aulas devem começar na próxima semana, em Belo Horizonte. São 60 horas de aulas – e avaliação – até a entrega do certificado.

O ESQUILÃO, inclusive, já formalizou o pedido à FMV para que as atividades sejam iniciada na semana que vem, ao invés do dia 12 de dezembro. A demanda mínima é de 10 alunos, mas a entidade estaria disposta a realizá-lo antes, mesmo com a turma reduzida, como forma de beneficiar seu filiado no Norte de Minas.

GRANDES CHANCES

SE ESSE cronograma for seguido à risca, na estreia da Superliga, contra o Medley/Campinas, dia 10 de dezembro, é bem provável que ele esteja na lateral da quadra.

NESTA QUINTA-feira, Carlão esteve em Belo Horizonte, mas não comentou sobre quais compromissos resolveria na Capital Mineira. No entanto, indagado pelo JN – via twitter – sobre quais seriam as possibilidades de assumir o BMG/Montes Claros, numa escala de 0 a 10, ele disse que os acertos “estão muito próximos”, mas seria preciso “resolver alguns problemas”. Carlão disse que o convite veio em meio a outros compromissos seus.

“ESPERAVA POR essa oportunidade há algum tempo, mas não gosto de atropelar as coisas”, completou, ao responder sobre os aspectos relacionados ao aval do Banco do Brasil, a necessidade de realizar o curso Nível III e conseguir a liberação junto ao SporTV do qual é comentarista dos jogos da Seleção Brasileira, na Copa do Mundo.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: