Aniversário de um mês, por que não?

NÃO HÁ necessidade alguma de acumular em apenas duas datas a programação esportiva alusiva ao aniversário de Montes Claros, como vem acontecendo há pelo menos cinco anos. O excesso de eventos em pouco mais de 48 horas compromete a presença de público e, principalmente, o número de inscritos, diante da coincidência de datas com provas do gênero em outros lugares do País.

TUDO ACONTECEU de
uma só vez: GP de Ciclismo, Circuito de Kart e Meia Maratona, além de eventos paralelos como o amistoso com o Master do Corinthians e as finais da Taça Palimontes. Com o maior diálogo, as partes envolvidas poderiam estabelecer do primeiro ao 31º dia de julho como datas especiais para a elaboração do calendário oficial dos esportes na principal festa da cidade.

TOMO COMO exemplo a Meia Maratona. Organização impecável, inclusive passando por cima de contratempos com fornecedores, mas foram pouco mais de 800 inscritos enquanto que a projeção era de receber de dois a três mil atletas. Isso porque a premiação um pouco acima dos R$ 40 mil compete em nível nacional. No entanto, no mesmo dia - 3 de julho -, havia nada menos que outras seis provas do gênero pelo Brasil, incluindo Belo Horizonte, Foz do Iguaçu e São Paulo. Fica a dica para o ano que vem. Fotos - Rubem Ribeiro
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: