Júnior de Minas: Funortinho na chave do Coelho

FMF DIVULGA chaves da 2ª fase do Campeonato Mineiro Júnior, mas clube de Montes Claros ainda precisa resolver problemas financeiros

O AMÉRICA, CAMPEÃO em 2010, será o mais tradicional adversário do Funorte na segunda fase do Campeonato Mineiro Júnior. Nessa tarde, na sede da FMF, foi realizada a reunião do conselho arbitral que definiu as três chaves – cada uma com seis clubes. O início está previsto para o dia seis de agosto, tão logo termine a Taça BH da categoria - considerada a segunda mais importante competição do gênero no País.

FUNORTINHO E Coelho estão na Chave B, ao lado de Valério Doce (Itabira), Itambacuri, Siderúrgica (Santa Luzia) e Contagem. Na Chave A estão Atlético, Democrata de Sete Lagoas, Itaúna, Ipiranga de Martinho Campos, União de Paracatu e Uberlândia e, na Chave C Cruzeiro, Progresso, Villa Nova, Tupi, Sport de Juiz de Fora e Guaxupé.

OS TIMES SE enfrentarão em dois turnos e os dois primeiros colocados de cada um classificam-se para o hexagonal final. A estreia tricolor já está definida: contra o América, em Belo Horizonte.

A ÚLTIMA rodada do ano deverá acontecer no dia 19 de novembro. Em 2008 e 2009, o Funorte esteve na chave encabeçada pelo Cruzeiro na segunda fase do Campeonato Júnior.

AMEAÇA

NA PRIMEIRA fase, o Funortinho fez uma campanha histórica. Venceu todos os oitos jogos – único entre os 20 inscritos. Fez 20 gols e sofreu apenas dois. Além disso, teve o artilheiro geral do Campeonato até agora: Rafael Filipe, com nove gols. Após a vitória sobre o União, em casa, por 3 a 0, no dia 21, o elenco ganhou folga, mas com algumas ressalvas.

EMBORA ESTEJA confirmado pela FMF na seqüência da briga pelo principal título da base em Minas, o momento do Funorte é de incertezas para o time que teve o melhor desempenho até o momento. Conforme adiantou o jornalista Hélio Machado, em sua coluna “Acontece em Política” do Jornal de Notícias dessa terça-feira, os salários dos juniores estão atrasados há quase três meses.

A INFORMAÇÃO foi confirmada por um dos jogadores. O fato é visto como de risco segundo os especialistas, uma vez que, caso não seja feita a quitação, haveria possibilidades de o clube perder o direito sobre os atletas.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

CARLOS ANDRE disse...

Parabéns ao FUNORTE juniores, estão no caminho certo, só com uma ressalva, VITINHO merece estar neste grupo, grande promessa do FUNORTE e com relação ao pagamento dos mesmos a DIRETORIA deveria ter mais cuidado, não esqueça da LEI PELÉ, três meses de atraso o jogador estará livre para negociar com qualquer outro time, e preste bem atenção DIRETORIA, neste grupo tem jogadores bons de bola principalmente este que citei, VITINHO, atleta novo e com grande chance de qualquer momento ser despontado no cenário do futebol.
FIQUEM DE OLHO.Perder um atleta deste porte é duro hém.