Modelo americano entra na pauta

DIRETORIA VOLTA a reconhecer contratempos e deixa escapar que até mesmo o estatuto já está em fase de mudança para a criação do Conselho Gestor

O SUPERINTENDENTE Cristiano Dias Júnior já deu dicas de como vai se portar pelos próximos oito meses até a retomada dos treinos para a nova realidade do Funorte, mas confessou que não agüenta mais “remar sozinho”. Assim, o Funorte caminha a passos largos para ter um conselho gestor e uma diretoria constituída, assim como funciona o comando do América Mineiro. A ideia segue a sugestão dada pela VENETA dias antes do jogo contra o Tupi, aliás a única vitória do FEC na competição; portanto antes mesmo do rebaixamento se concretizar.

O MODELO É visto como o mais eficiente para a projeção dentro de sua própria cidade, já que a inevitável associação do clube com a política de seu presidente de honra foi vista como o principal empecilho pela falta de apoio maciço das empresas locais. Em poucas palavras, o clube estaria disposto a mudar de cara. Algumas pessoas já foram sondadas para essa composição, mas nada oficial.

AGORA HÁ pouco, no programa Tarde Livre, apresentado por Adeli Mendes na Rádio Terra AM (760 Khz), Júnior adiantou que a mudança do estatuto será questão de tempo. “Aproveito a oportunidade para fazer um clamor à cidade de Montes Claros e, em 2013, de mãos dadas, recolocar o Funorte na 1ª Divisão”.

ASSIM, COM esse cenário, fica evidente que o clube reconhece os inúmeros problemas que culminaram na pífia campanha do Campeonato Mineiro. Além da falta de patrocinadores, o carma tricolor passou pela falta de campo para treino e de estrutura de trabalho, atrasos de salários, disponibilidade de moradia para jogadores, além da morosidade nas contratações, reforços equivocados, dispensas e a troca de treinador, esses últimos pontos somados aos erros de arbitragem.

PRIORIDADE

DENTRO DE CAMPO
as atenções a partir de agora estarão concentradas no time júnior, que vai bem no Campeonato Mineiro e já está classificado com quatro rodadas de antecedência para a 1ª fase, na qual jogará contra um dos representantes de Belo Horizonte em seu grupo. Pelo menos nesta categoria, o Funorte pensa grande e quer brigar de igual para igual pelo título estadual. Já bateu na trave em 2008 e 2009, quando foi o terceiro colocado geral sob o comando dos técnicos Edvaldo Bento e Erivelto Martins, respectivamente.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns para o time do FUNORTE junior, permaneça assim, vamos em frente rumo ao titulo, mas gostaria de ver junto ao elenco o grande meia atacante VITINHO, grande promessa do FUNORTE, mas infelismente até agora não tenho explicações o porque não se encontra junto ao grupo de JUNIORES

PARABÉNS