Ainda à espera de ajuda

CADA UM ENTRA na guerra com as armas que tem, mas quando não as tem corre atrás de ajuda. É o atual momento do Funorte, que espera convencer seus parceiros e os demais empresários da cidade a reforçar o caixa com o que puder e garantir um incentivo a mais aos jogadores nesta reta final do Campeonato Mineiro.

NA LINGUAGEM pura do futebol, trata-se de uma forma de garantir o famoso “bicho” por produtividade para que o time alcance seu objetivo de permanência na 1ª Divisão em 2012 com o bom resultado diante do Democrata de Governador Valadares, neste domingo, em Montes Claros. O poder de convencimento ainda não teve o efeito que deveria.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: