Fábio comemora sequência; Talmo, Alberto e Manius Abaddi não têm preferência para o campeão da Superliga

INDAGADO PELA VENETA sobre o “pecado” e a “virtude” do Montes Claros na temporada, o líbero Fábio Paes )de branco, na foto ao lado) preferiu falar do seu próprio desempenho. “Foi a primeira vez que tive uma temporada efetiva, com uma sequência de partidas, às vezes jogando no sacrifício, mas fiz o meu melhor”.

O PONTEIRO Manius e o central Alberto (foto ao lado) não quiseram assumir torcida por algum clube específico nas semifinais. “Fiz uma temporada especial, não apenas pelo desempenho individual, mas também porque me recuperei de um problema crônico no joelho. Nem mesmo
na Europa consegui uma sequência tão boa de jogos por causa das dores”, disse Manius, estendendo o comentário ao trabalho do fisioterapeuta Jomar Almeida e ao preparador físico Sérgio Marçan. “Não tenho uma torcida específica, mas não gostaria de ver o Minas campeão”, completou Alberto, deixando claro a vontade contrária ao algoz do Montes Claros nos play-offs.

O TÉCNICO TALMO de Oliveira destacou o equilíbrio técnico entre os times nesta Superliga e aposta em detalhes para definição do título, assim como foi o bloqueio a favor do Minas nos jogos contra o seu time. Nem por amizade com algum outro técnico ou jogador ou mesmo por merecimento pela qualidade técnica, quis apontar uma equipe de preferência para o título da Superliga.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: