Chance de queda sobe em 4%

ESTUDO DA UFMG ainda deixa o Funorte como um dos times em situação de risco no Mineiro

ASSIM COMO aconteceu diante do Coelho e do Galo, o Funorte não conseguiu somar ponto contra a Raposa, no jogo pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, sábado, que completou o ciclo dos confrontos contra os times grandes da Capital.


A SEMANA COMEÇA preocupante. As chances de queda do Tricolor para o Módulo II do ano que vem, segundo o site probabilidades no futebol, que integra um estudo do departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), subiram de 57,8% para 60,1% após a goleada sofrida para o Cruzeiro.

ATÉ A PRÓXIMA rodada, o time continuará amargando a lanterna do Campeonato Mineiro - com apenas dois pontos. Por outro lado, a combinação de resultados do complemento da rodada, no domingo passado, como as derrotas do Guarani, Ipatinga e o empate entre Democrata/GV e Uberaba, ainda deixa o time com chances matemáticas de se salvar da zona de rebaixamento (Z-2).

O CERTO É que, para continuar como clube da Primeira Divisão, o Formigão precisará de pelo menos 70% de aproveitamento em seus quatro jogos restantes, a começar pelo Tupi, sábado, em Montes Claros. Jogará ainda em Divinópolis e Uberaba, até a última rodada, quando receberá o Democrata/GV. - Foto: Vinnícius Silva/Futebol de Minas
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: