Atenção redobrada para todo mundo entrar inteiro

AO FINAL de uma fase com 28 jogos, correria de viagens e treinos em cinco estados diferentes, a agenda de trabalho do Montes Claros passa por uma adaptação.

“OS JOGADORES entram em um trabalho de recuperação intensiva. Fazem uma espécie de limpeza em toda musculatura e articulações e ao mesmo tempo se preparam para uma sobrecarga que encontrarão imediatamente nestes jogos dos play-offs”, explica o fisioterapeuta do BMG/Montes Claros, Jomar Almeida.

EXPLICAÇÃO

O TERMO
limpeza tem explicação: “quando se usa muito a estrutura muscular e articular, ela fica intoxicada com metabólicos que podem acelerar os processos inflamatórios, como por exemplo a prostaglandina, histamina e o ácido lático”.


O CONJUNTO de atividades de fisioterapia e preparação física é o que determina o controle. Segundo Jomar, a carga de trabalhos físicos cai para 60% e 70% e as sessões de fisioterapia aumentam.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: