Talmo analisa momento

PELA REGULARIDADE em praticamente todos os fundamentos, o técnico Talmo de Oliveira (foto) está satisfeito com o rendimento do BMG/Montes Claros até o momento no returno, mas espera que o time possa produzir ainda mais e se manter até a 15ª e última rodada na briga direta por uma das quatro primeiras vagas.

QUANDO sacramentar a classificação matemática, a grande meta da comissão técnica, jogadores e diretoria passará a ser a garantia da vantagem de dois mandos de quadra para os play-offs, privilégio somenta para quem fica entre os 1º e 4º lugares.


ALÉM DOS MÉRITOS, ele fala também sobre as dificuldades até então. O treinador explicou à VENETA que seu time tem problemas para render mais quando há um grande intervalo entre os jogos. Preferiria que a tabela fosse mais regular. “Tenho 15 atletas em plenas condições de jogo e, por isso, posso fazer variações de acordo com o adversário e a situação dentro da partida”, disse, ao se justificar sobre as compensações que encontra.

AINDA NA avaliação de Talmo, medalhista olímpico pela seleção brasileira em 92,como um dos levantadores do grupo campeão em Barcelona, o duelo contra os times considerados mais fortes têm a sua preferência. "Quando você joga de igual para igual contra uma grande equipe é sinal de que temos um grupo verdadeiramente forte".
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: