Quase todos nos planos, inclusive o lateral Stanley

COM DUAS PANCADAS no mesmo lugar, jogador precisou fazer ressonância magnética, mas como já treinou com bola ontem parece apto ao primeiro coletivo da semana, nesta quarta-feira

DEPOIS DE DOIS dias de trabalhos técnicos e físicos, o Funorte faz nesta quarta-feira, às 16 horas, no Estádio José Maria Melo, seu primeiro coletivo preparatório para o jogo contra o Villa Nova, aparentemente sem problemas médicos para usar força máxima. O lateral esquerdo Stanley, que precisou ser submetido a um exame de ressonância magnética na manhã de ontem para detectar a causa das dores nas costas, trabalhou normalmente na tarde de ontem, no campus Funorte JK, o que deve ser repetido hoje.

AUTOR DO HISTÓRICO gol tricolor na estreia, ele precisou ser substituído diante do Galo após receber uma pancada nas costas, aos 42 minutos do segundo tempo. As dores incomodaram durante a semana e ele foi poupado dos treinos antes de enfrentar o Ipatinga, pela segunda rodada. E no duelo do Vale do Aço, por uma triste coincidência, Stanley foi atingido no mesmo local e teve que ser substituído aos 32’ do primeiro tempo.

ÚNICA

O RESULTADO DA
ressonância sairia ao final da tarde de ontem. Mesmo que já tenha trabalhado normalmente nesta semana, o ala é aparentemente a única preocupação de ordem médica para o aproveitamento nos coletivos de hoje e de sexta-feira.

JÁ PELO LADO burocrático, os problemas do técnico Wagner Oliveira são maiores. O zagueiro Binho ainda não teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e, por isso, não tem condições de jogo para domingo. O mesmo acontece com o meia Claudinho, contratado no início desta semana.

AO MESMO TEMPO, caso Binho continue sem condições, ele ganha a opção de escalar Anderson Vieira, que cumpriu suspensão automática no sábado pela expulsão contra o Atlético. Martinez, titular no empate contra o Tigre, corre por fora. Já o volante Luiz Henrique, vindo da Finlândia e com passagens pelo Figueirense, teve seu nome publicado no BID deste a sexta-feira passada e deve ganhar a condição de titular, assim como fez durante praticamente toda a temporada. (Fotos: Heberth Halley)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: