Recent comments

Pendência de itens no laudo do CREA veta 50% da capacidade do Estádio José Maria Melo


ÀS VÉSPERAS de mais uma partida em casa, o Funorte foi surpreendido com a decisão do Ministério Público Estadual em reduzir pela metade a capacidade do Estádio José Maria Melo. A decisão tem como base as determinações da portaria 124/2009 do Ministério dos Esportes e o decreto 6795/2009, da Presidência da República, mas a partir da inadequação de alguns itens do laudo de vistoria expedido pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA-MG). - Foto: Wilson Xu Medeiros

JÁ PARA ESTE domingo contra o Villa Nova, o clube só poderá dispor de 2,5 mil ingressos à sua torcida. A venda antecipada começa hoje: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). O MPE estabeleceu um prazo de 15 dias para cumprimento de todos os itens, sob pena de ser obrigado a jogar com portões fechados no compromisso contra a Caldense, pela quinta rodada.

PROCURADO hoje pelo JN, o superintendente do Funorte, Cristiano Dias Júnior, explicou que o procedimento não tem nada a ver com quaisquer fatos registrados na partida contra o Atlético, no último dia 31. Segundo ele, quando o estádio foi liberado para a estreia no Campeonato Mineiro o próprio MPE deixou claro que, ao contrário das áreas de prevenção e combate a incêndio, segurança e vigilância sanitária, já aprovadas, “o laudo de engenharia ainda seria passível de análise” por uma junta de peritos do CREA estadual, a partir do documento elaborado pelos engenheiros locais.

“A VISTORIA obedece a cerca de 40 itens e praticamente todos foram respeitados, até porque os laudos de vistoria do estádio José Maria Melo foram assinados por um engenheiro de cada área: civil, elétrico e de segurança”, argumentou o superintendente. Indagado sobre quais os pontos estariam emperrando a liberação completa da capacidade do estádio, Júnior deixa claro que nenhum deles diz respeito à parte das arquibancadas e por isso questiona o veto da capacidade total.

“RELACIONARAM A falta de revestimento em uma das paredes e de esquadrias, mas são em pontos onde a torcida não tem acesso”, completou.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.