Recent comments

Estádio ainda não está liberado para o público

LAUDO PRECISA ser aprovado hoje pelo CREA para a torcida acompanhar Funorte x Caldense; diretoria está confiante e anuncia ingresso 50% mais barato

AINDA SEM
a garantia da retomada da capacidade total do estádio José Maria Melo, mas confiante de que as modificações sugeridas pelo CREA sejam aprovadas, o Funorte anuncia mais um atrativo para seu jogo contra a Caldense, depois de amanhã, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro. Além da provável escalação do reforço Edenílson para o ataque, o torcedor pagará menos pelo ingresso. O preço do bilhete inteiro caiu de R$ 20 para R$ 10.


NO ENTANTO, para comercializar os ingressos, o clube depende da liberação do laudo de vistoria do campo. O prazo-limite encerra-se hoje. Já contra o Villa Nova, pela terceira rodada, a capacidade foi reduzida pela metade (2,5 mil). Dessa vez, diante da Veterana de Poços de Caldas, se não for aprovado, o jogo acontecerá com portões fechados. Apenas a imprensa terá acesso.

O PRAZO DE quinze dias dado pelo Ministério Público Estadual para novas adequações quanto à estabilidade estrutural e acessibilidade do estádio, dentre outros pontos, venceu nessa quinta-feira. E o clube buscou resolver essas pendências. Contratou um dos peritos do CREA para expedir o laudo e o documento já foi entregue ao Conselho, em BH, a quem cabe encaminhá-lo à Federação Mineira de Futebol.

O COMANDO do Funorte não trabalha com a possibilidade de o time jogar sem um torcedor sequer, ainda pelo momento que o time vive no Campeonato Mineiro. É o vice-lanterna. “Tão logo houve o veto parcial da capacidade do estádio, providenciamos um novo laudo para não correr o risco de jogar sem torcida e não acreditamos que isso vá acontecer”, explicou o superintendente do FEC, Cristiano Dias Júnior.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.