Ataque para domingo é o maior problema do Funorte

O TÉCNICO WAGNER Oliveira passa a depender de fatores extra-campo para definir quais serão suas opções de ataque para o jogo contra o América, domingo, às 18h30, na Arena do Jacaré, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. Sem Dandão e Kleyr, ele dependerá do registro do atacante Cristiano para amenizar os problemas.

SUA DOCUMENTAÇÃO
foi entregue à FMF na tarde de quinta-feira. O jogador que tem passagens pelo Inter/RS, Atlético/PR e Cerâmica/RS foi indicado pelo próprio treinador depois de jogar pela Seleção Amadora de Monte Azul em um amistoso contra o Funorte, ainda na pré-temporada de Janaúba. Até a tarde de ontem, o seu nome não havia sido publicado no BID.


COMO O ATAQUE não marcou um gol sequer nas três primeiras rodadas, o comandante tricolor também não esconde a necessidade de o clube contratar pelo menos mais um homem de frente. O pedido já foi feito, mas a diretoria ainda não se pronunciou sobre esse acerto. Apresentado no meio da semana passada, Claudinho já adiantou que sua posição de origem é no meio de campo.

FORA DOS PLANOS

EXPULSO NO
domingo, Dandão terá de cumprir suspensão automática pela expulsão diante do Villa e por isso está fora dos planos, assim como Kleyr. O jogador teve que ser substituído ainda no primeiro tempo no domingo depois de cair sozinho em campo. No lance, o ombro direito saiu do lugar e teve que ser recolocado ainda no vestiário pelo médico Michel Lopes. Mas os problemas não pararam por aí.


FOI DETECTADA uma luxação no local e somente com o exame de ressonância magnética, nesta terça-feira, será possível precisar o grau da lesão. Lesões desse tipo, segundo o fisioterapeuta do clube, Jomar Almeida, requerem no mínimo duas semanas de repouso, sem qualquer tipo de trabalho no campo.

ALÉM DE Dandão, Kleyr e Cristiano, o grupo do Funorte tem como opções de ataque os jovens Ualisson Mineiro, titular nos três jogos até agora, Elbinho e Rafael Filipe, também vindo da base. Os dois últimos só chegaram a ser relacionados para o banco de reservas até agora.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: