Após sufoco, time promove clínicas em colégio do ABC

“MUITA DIFICULDADE, mas suportamos bem a pressão e continuamos nossos planos de estar entre os quatro primeiros colocados”. Essa foi a análise do técnico Talmo de Oliveira sobre o êxito de quinta-feira, fora de casa, depois de estar perdendo por dois sets a zero.

“FOI UM SUFOCO, mas saímos com a vitória”, resumiu o central Thiago Zambelli, o Salsa, autor de cinco pontos. Aliás, nove jogadores diferentes pontuaram a favor do Montes Claros: Alemão e Zanuto, 20; Leandrão, 14; Evero, 9; Alberto, 8; Salsa, 5; Giovani, 3; Rodriguinho, 2; e Manius, 1.


MARCAS

COM O RENDIMENTO de ontem, os três principais pontuadores do time subiram de posição no referido ranking. Zanuto é o 9º, com 230 pontos, enquanto Alemão é o 24º (186) e Leandrão o 33º (174).

SOCIAL

MESMO COM o desgaste de um jogo com quase três horas, os jogadores do BMG/Montes Claros abriram mão do descanso na manhã de hoje para conhecer de perto a escola Paulicéia, no bairro de mesmo nome, na própria São Bernardo do Campo (foto ao lado). Talmo, Zanuto, o líbero Fábio Paes e o levantador Rodrigo Ribeiro promoveram um clínica de vôlei para os pequenos alunos do local.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: