Recent comments

Alívio após vistoria, torcidas fazem previsões e provocações

Caracterizados, Ricardo e Marcos acompanharam a vistoria no estádio José Maria Melo

SOBRE O COMPORTAMENTO dos montes-clarenses na véspera do jogo de abertura de Funorte e Atlético no Campeonato Mineiro, dois torcedores em especial resolveram se antecipar e deram sinais de como deve estar a ansiedade da cidade para acompanhar uma partida de Primeira Divisão ao vivo e in loco após doze anos de jejum.

O MOTOTAXISTA Ricardo Ferreira e o comerciante Marcos Antonio Santos Gonçalves fizeram questão de acompanhar a vistoria da última terça-feira (18), com representantes da FMF e que foi determinante para a aprovação dos laudos e a liberação do estádio José Maria Melo para esta “partida especial”, como disseram.

INDAGADOS sobre a presença deles ali no meio do campo em um momento restrito para as autoridades, clubes e imprensa descartaram a condição de “corneteiros”. “Estou aqui para ver se a coisa está andando mesmo, porque quero ver o meu Galo em minha cidade”, disse Marcos, que fez questão de estar uniformizado.

LADO TRICOLOR

MAIS FALANTE QUE o companheiro, Ricardo Ferreira estava com a camisa do Funorte e já antecipava a informação de que estará no dia do jogo com uma bandeira nova, da torcida organizada que acabará de criar: a Formiga Montes Claros; inclusive com registro no cartório. “Quem quiser ver o bandeirão antes do jogo é só ir lá ao Major Prates”, convidou.

O MOTOTAXISTA SE diz confiante sobre o desempenho do Tricolor diante do Galo, mas primeiro preferiu falar da importância do momento para a cidade. “Leio jornal todos os dias; todos da cidade e todos de fora. O jogo é o assunto do momento e por isso quis vir ao campo para ver com os meus próprios olhos que a gente não vai decepcionar e vai entregar este campo do jeito que eles querem. O Funorte na Primeira Divisão faz o nome de Montes Claros brilhar para outros lugares, do mesmo jeito que o time de vôlei fez e faz”, disparou Ricardo.

E SOBRE A ESTREIA prevê que o Funorte vai surpreender todos os prognósticos e vencer na estreia. “Esse povo tem que tomar vergonha e torcer pelo time que é de nossa cidade, mas sem briga, por favor; só na paz”.

LADO ALVINEGRO

MARCOS ANTONIO Rodrigues deixou o amigo falar primeiro e depois comentou sobre o fato de o Atlético fazer seu primeiro jogo oficial do ano em Montes Claros. “Torço pelo Galo de qualquer jeito e não mudo por time nenhum”. Ao mesmo tempo adiantou que o preço do ingresso inteiro, por R$ 50,00, não lhe assusta.

“OLHA REPÓRTER, venho ver o Galo de qualquer jeito; seja o preço que for; até mesmo quinhentos contos (sic). É uma oportunidade única e sei que a massa alvinegra será a maioria aqui no estádio”, finalizou.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.