Copa São Paulo Júnior: Erivelto prega trabalho com confiança

FUNORTE FINALIZA preparação para sua segunda participação na Copinha e técnico faz análise bastante positiva

MESMO COM A
experiência acumulada em mais de quatro décadas de carreira, o ex-meia Erivelto Martins, com passagens por Fluminense e Cruzeiro e que depois virou técnico de base, mostra motivação de iniciante para a disputa de mais uma edição da Copa São Paulo como comandante do júnior do Funorte. O time está na Chave F da próxima edição do mais importante torneio da categoria e estreará no dia cinco de janeiro, contra o São Bernardo, na cidade de mesmo nome. Juventude/RS e Paulista de Jundiaí são os outros adversários.


NA MANHÃ DESSA quarta-feira, no Centro de Treinamentos do Distrito Industrial (antiga Aymoré), logo após a vitória de três a um em um jogo-treino de seu time sobre os profissionais que estão sendo testados pelo clube, Erivelto conversou com o JORNAL DE NOTÍCIAS sobre o trabalho que está sendo feito visando a competição paulista e mostrou bastante otimismo para aproveitar ao máximo esta segunda oportunidade que o Funorte tem de estar pela segunda vez consecutiva na vitrine do futebol júnior brasileiro.

“NÃO É QUALQUER clube do Brasil que, em tão pouco tempo de existência como é o caso do Funorte, que consegue chegar à Copinha pelos méritos próprios”, disse o treinador, ao lembrar que os times mineiros entram na competição a partir do critério técnico, a partir da classificação final do Mineiro da categoria. O Funorte foi 3º colocado em 2009 e, por isso, volta aos gramados paulistas ao lado de América (campeão), Cruzeiro (vice) e Atlético (4º lugar).

MESMO SENDO JÚNIOR, a Copa SP tem como limite de idade os 18 anos, dois a menos que o máximo permitido pelo Campeonato Mineiro da mesma categoria. O atual grupo do Funorte começou a ser montado no início do ano e foi mantido para o Estadual com 90% dos seus jogadores nascidos em 1992 e 1993, já pensando na Copinha.

E JUSTAMENTE POR causa dessas experiências, na avaliação do técnico Erivelto Martins os seus jogadores estão mais maduros em relação à primeira experiência que teve na Copa SP, em janeiro deste ano, quando foi eliminado ainda na fase classificatória após duas derrotas e apenas um empate.

“ERA O PRIMEIRO ANO de muita gente e estar em uma competição de peso cria a ansiedade na garotada. Agora, houve um trabalho mais direcionado a experiências no Campeonato Mineiro vão nos ajudar”, completou.

DO TIME UTILIZADO por Erivelto, anteontem, cinco jogadores eram titulares no Campeonato Mineiro Júnior, no qual o Funorte terminou em nono lugar: Lenílton, Fayllon, Ricardo, Yago e Felipe.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: