Jogar fora é alto astral para o BMG; números de Leandrão x Lorena

MONTES CLAROS VENCE no interior do Rio e volta para casa como líder e pronto para o “Clássico BMG”

O BMG/MONTES CLAROS volta para casa com o astral o mais alto possível, já que venceu seus dois primeiros jogos da Superliga Nacional na condição de visitante. O segundo deles foi no sábado, no interior do Rio de Janeiro, com os três sets a zero sobre o Voltaço Vôlei, no Ginásio da Ilha do João, em Volta Redonda, parciais de 25/19, 25/20 e 25/23, em pouco menos de uma hora e meia. Leandrão, com 15 acertos, foi o maior pontuador da tarde, enquanto o ponteiro Bruno Zanuto fez um a menos. (FOTO: Paulo Dimas/Diário do Vale)

O LEVANTADOR RODRIGUINHO voltou a se destacar nos saques, com dois pontos. No jogo anterior, ele já havia anotado três pontos dessa maneira. Os erros do adversário fluminense também ajudaram o Montes Claros a conquistar sua quarta vitória seguida, com 23 erros.

NA QUINTA-FEIRA anterior, em Porto Alegre, o time já havia vencido o Sogipa por 3 a 2, de virada e esta combinação, somada às vitórias sobre Londrina e Santo André, o manteve na primeira colocação geral, com oito pontos, embora alguns dos principais adversários ainda não tenham estreiado.

DEPOIS DE AMANHÃ, o desafio será no “clássico do patrocinador”, já que o Montes Claros receberá o BMG/São Bernardo, às 19h30, no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, com ingressos a R$ 8 e R$ 4, inteira e meia, respectivamente. A expectativa dos jogadores é de casa cheia, não apenas pela boa fase na competição e a liderança isolada, mas também pela média que o clube teve em seus dois primeiros compromissos como mandante: cerca de 4,4 mil pessoas.

LEANDRÃO X LORENA: OS 4 PRIMEIROS JOGOS

RECUPERADO POR completo de um problema sério no ombro direito, Leandrão tem sido o destaque individual do Montes Claros nas primeiras quatro rodadas da Superliga Nacional de Vôlei. Mas por ser justamente oposto, a mesma posição de Lorena, ídolo da temporada passada, as comparações são inevitáveis, mesmo que a realidade, como os outros jogadores do time e os adversários sejam bastante diferentes. (FOTO: Rubem Ribeiro)

NOS QUATRO primeiros jogos do ano passado, o ídolo Lorena havia anotado 85 pontos em 17 sets, sendo três vitórias por 3-1 e uma derrota por 2-3. Desses pontos 68 haviam sido em ataques, outros 11 em saques e seis de bloqueio. Já Leandrão, nos 100% de aproveitamento nestas quatro partidas realizadas até agora pela atual temporada, fez 65 pontos em 14 sets (três vitórias por 3-0 e uma por 3-2). A divisão de pontos é a seguinte: 55 de ataque, quatro de saques e seis de bloqueio. (FOTO: Clésio Robert)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: