Goleiro ex-Vitória está na lista

PARCEIRO DO Formigão, agente Fifa Ramalho fala sobre negociações e confirma interesse por Córdova

O FORMIGÃO SERÁ BEM diferente em relação aos seus quatro primeiros anos de vida. Com a visibilidade que a 1ª Divisão dá, o clube parece já ter consciência do grau de profissionalismo que lhe será exigido. Antes mesmo de anunciar um nome sequer como novo reforço, o comando já adiantou a realização de uma pré-temporada já neste mês, possivelmente a partir do dia 10, em Janaúba – e com amistosos. Wagner espera que pelo menos 80% do grupo já esteja definido até lá.

NENHUMA LISTA FOI adiantada, seja de dispensa ou de reforços. A presença do empresário de atletas Walderez Ramalho na mesa da coletiva chamou a atenção, mas foi fora dela que ele conversou com a imprensa. Com atuação em Belo Horizonte e Governador Valadares, o dono do IBC Sport Brazil, que é agente Fifa, adiantou que há pelo menos seis de seus jogadores em negociação com o clube de Montes Claros, “todos os nomes avalizados pelo técnico Wagner Oliveira”.

RAMALHO GARANTE QUE NA lista há nomes de times das Séries B e C do Campeonato Brasileiro. A reportagem do JN perguntou se o goleiro Rafael Córdova, ex-Vitória, Atlético/GO e Paysandu, dentre outros, estaria entre os pretendidos pelo clube de Montes Claros. A resposta veio antecedida com um sorriso. “De fato, ele é um dos nomes”, completou Walderez. Se haveria percentual do acordo com estes nomes, ele resumiu em “70% de acerto, restando apenas os valores”.

TOMA LÁ, DÁ CÁ – A vinda de reforços pode provocar, também, a saída de nomes de atletas do atual elenco do Funorte e que estariam nos planos para 2011. Isso porque Walderez tem bom relacionamento com clubes da Europa, em especial da Grécia. “Não vou negar que há nomes do Funorte que interessam a clubes do exterior, mas isso dependerá de muita conversa entre todas as partes envolvidas”, finalizou, citando os nomes do lateral esquerdo Stanley e do atacante Ualisson Picachu, que fazem boa campanha com o Ituiutaba na Série C Nacional, como negociáveis.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: