De volta aos trabalhos: novo Funorte só com dois reforços

PRIMEIRO DIA DE trabalho de Wagner Oliveira foi de grupo reduzido e aumenta prazo para novas contratações


A PRIMEIRA LEVA
de reforços do Funorte beirou a modéstia. A promessa era de uma lista com pelo menos doze nomes, mas apenas dois deles foram apresentados ao técnico Wagner Oliveira, junto à dúzia de remanescentes do elenco que disputou a Taça Minas Gerais e iniciou nessa segunda-feira os trabalhos para a disputa de sua primeira temporada na Elite do Campeonato Mineiro. (FOTOS: Ascom: FEC)

DOIS DESSES ATLETAS estão vestindo a camisa tricolor pela primeira vez: o volante Alexandre, de 31 anos, que teve passagens pelo São Paulo, Internacional e Botafogo de Ribeirão Preto, e o atacante Elbinho, revelado pelo Cruzeiro e que já atuou em outros mineiros como Democrata/GV e Uberaba, passou ainda pelo Vasco e Volta Redonda, além de times da Bolívia e Arábia Saudita.

A LISTA DE NOVOS contratados, por enquanto, tem apenas a confirmação do goleiro Rafael Córdova. A diretoria tricolor adiantou que, até a segunda-feira que vem, espera fechar pelo menos 80% do grupo definitivo para a Primeira Divisão, até mesmo para não comprometer a programação, que conta com uma pré-temporada de até 15 dias em Janaúba, no Norte de Minas.

OS MEIAS ANDERSON Toto e Marcones e o lateral/meia Esquerdinha, do grupo da Taça Minas Gerais, não chegaram a tempo e são esperados até o final desta semana. Daqueles que também amargaram a lanterna da competição permaneceram os goleiros Wilson e Douglas, os zagueiros Anderson Vieira e Martinez, os volantes Marcelino e Diogo, o lateral Fabrício e o armador Rômulo.

O TÉCNICO WAGNER Oliveira fez um pedido de dedicação e empenho para o projeto, que marca a volta de um clube da cidade à Elite Mineira depois de 12 anos. Sobre os outros reforços, foi claro: “a diretoria já manteve contato e acertou as bases salariais, mas ainda depende de pequenos detalhes para apresentá-los aqui”.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: