Ainda de olho no Ateneu, Funorte vai atrás de grandes para ter reforços; "não refugos"

SEM PONTO FINAL

POR SI SÓ
, a presença do presidente de honra do Funorte à coletiva de segunda-feira já foi um destaque pelo ineditismo, mas ganhou maior projeção pelo que foi dito. A parceria com o Cassimiro de Abreu e Prefeitura para a reforma do estádio José Maria Melo, e que vai atender de forma imediata o problema de seu mando de campo no Campeonato Mineiro da Primeira Divisão, não põe ponto final na proposta de parceria com o Ateneu para ter o estádio João Rebello em regime de comodato.

GRAMADO

ALIÁS, SEGUNDO
Ruy Muniz, as conversas entre Formigão e Broca continuam mesmo com o projeto da 1ª Divisão em franco andamento no campo cassimirense. Após dois meses de reuniões entre as partes e o “escreve-apaga-escreve” do contrato para acertar os ponteiros, a pendência maior (e final), segundo Muniz, está no uso do gramado.

GESTÃO

O FUNORTE
quer ser o gestor do campo sem questionamento, já que seria responsável pelo custeio de 100% da obra. Marcaria, primeiro, os seus treinos, coletivos e jogos, e depois, estabeleceria horários fixos aos atenenses. Por sua vez o Ateneu, com base na informação dada pelo mandatário tricolor na mesma coletiva, quer ter comando da agenda do campo quando reformado, estabelecendo, inclusive, um número maior de dias da semana para o uso exclusivo de duas categorias de base.

PONTE COM GRANDES

RUY GARANTE
ter um bom relacionamento com Alexandre Kalil, Zezé Perrella e Alencar da Silveira Júnior (ainda seu colega de Assembleia Legislativa), respectivamente mandatários de Atlético, Cruzeiro e América. Por isso, vai atrás de jogadores por empréstimo para reforçar o elenco 2011 do Funorte, mas “que não sejam refugos”. A ideia é abrir caminho para atletas da Capital que ainda não tiveram boas oportunidades na carreira. “Um ou dois de cada; nada de pacotões”.

PODEM IR

EM MEIO A UNS
leves deslizes ao comentar sobre o aspecto técnico do clube, como o aproveitamento de juniores no grupo da Taça Minas Gerais como preparação dos mesmos para a Copa SP Júnior (apenas dois têm idade ainda para jogar a competição paulista, em janeiro que vem), o presidente de honra do Funorte deixou a entender que dois jogadores podem ser negociados nos próximos dias. O empresário Walderez Ramalho, novo parceiro do clube e que estaria intermediando a vinda de pelo menos seis reforços, tem interesse em levar Ualisson Picachu e Stanley, emprestados ao Ituiutaba, para o mercado da Europa.

NOTÍCIAS DE BEAGÁ

O CONSELHO ARBITRAL
do Campeonato Mineiro da Primeira Divisão será no próximo dia nove, às 15 horas, em Beagá. A FMF deverá bater o martelo e repetir a fórmula deste ano como sugere o acordo entre os clubes e a entidade. Mas para o Funorte, o encontro vai mais além: a resposta positiva do banco BMG de que vai patrocinar todos os times do interior e o acordo final entre os clubes e a Globo sobre o valor das cotas de transmissão.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: