Funorte e o estádio João Rebello - falta apenas o Conselho decidir

A PARCERIA ENTRE o Ateneu e o Funorte, que tem como ponto alto a fusão dos nomes e a reforma e cessão do Estádio João Rebello para os jogos do Campeonato Mineiro da Primeira Divisão de 2011 e dos próximos onze anos, está prestes a ser oficializada. Após o acordo entre as diretorias, inclusive com a revisão do convênio apresentado pelo departamento jurídico Tricolor, caberá, agora, como parte final, a aprovação do Conselho Deliberativo do Broca (Condel). A reunião sobre o assunto deverá acontecer ainda nesta semana.

"COMO SE TRATA de um patrimônio do clube o objeto em questão, caberá ao Conselho decidir na instância final", explicou o conselheiro Carlúcio Bicalho, em conversa com a VENETA. O Ateneu tem 22 integrantes no Condel e, ainda segundo Bicalho, a maioria já sinalizou a favor da parceria entre os clubes. Um advogado ligado aos conselheiros também participou da revisão da proposta de convênio apresentada pelo Funorte. Aliás, no total, o Ateneu disponibilizou três especialistas em legislação para redigir o documento à sua maneira, sendo um deles com domínio em "Direito de Posse".

O CONSELHEIRO disse ainda que o que coube à diretoria executiva do Ateneu (presidente, vice-presidente e diretores) foi aprovado. O grupo esteve reunido em pelo menos três oportunidades para analisar a proposta enviada pelo Funorte, sendo que uma delas foi em conjunto com o Conselho. "Houve uma análise detalhada de todos os pontos apresentados pelo Funorte e a revisão de vários itens, em sintonia com os interesses do Ateneu", completou.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: