Funorte de volta à casa em Patrocínio; "missão de guerra"

RESTAM APENAS mais três partidas para o término da fase de classificação da Taça Minas Gerais e não bastasse a necessidade de vencer todos, o lanterna Funorte acumula mais um problema.

COMO O ESTÁDIO
José Maria Melo ainda está vetado pela falta de um laudo completo de inspeção do CREA/MG, o time vai jogar longe de Montes Claros mesmo sendo mandante.

“RECEBERÁ” O TRICORDIANO
no domingo que vem, às 15h30, no Estádio Municipal Júlio Aguiar, em Patrocínio, a 480 quilômetros de sua casa, assim como aconteceu no empate com o Mamoré (1x1).

O FUNORTE AINDA
segue como dono do pior ataque, com apenas quatro gols em sete jogos, além de ser o único time que ainda não venceu na Taça MG. Classificação: 1) Villa Nova, 17; 2) Uberlândia, 14; 3) Uberaba, 11; 4) Tricordiano, 9; 5) Mamoré, 4; 6) Funorte, 3.

A MATEMÁTICA PARA
o Formigão se classificar é simples por se tratar apenas de contas, mas na prática, pela diferença de campanhas, a missão é complicadíssima.

TEM QUE VENCER
todos os jogos e ainda torcer para que o Tricordiano não vença mais. Neste sábado, caberá exclusivamente ao Tricolor para que isso aconteça. Mas nas duas rodadas seguintes, voltaria o discurso “dos quase milagres” contra Uberlândia e Uberaba. (foto: arquivo FEC)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: