Estreia na Taça MG: BID deixa Funorte na dúvida sobre tática na estreia

PELA QUARTA VAGA

A QUARTA VAGA DO
Estado para a Copa do Brasil/2011, prêmio para quem conquista o troféu de campeão na disputa, é o grande objetivo do Funorte a partir desta quarta-feira. Depois do fiasco no Campeonato Mineiro do Módulo II onde se complicou em casa para não conseguir em campo o acesso à Elite do Estado, no primeiro semestre, o clube de Montes Claros inicia sua participação na Taça Minas Gerais nesta quarta-feira, às 20h30, contra o Uberaba, no estádio Engenheiro João Guido (Uberabão).

SEGUNDA VEZ

ESTA É A SEGUNDA
participação do Formigão na Taça Minas Gerais. A primeira, no ano passado, não deixou boas lembranças, já que o FEC caiu ainda na primeira fase, apesar de ter sido líder em algumas rodadas e de ter chegado até o final com chances de classificação para as semifinais. Emerson de Almeida Ferreira, do quadro da CBF, será o árbitro, auxiliado por Marconi Helbert Vieira e Janette Mara Arcanjo. O confronto completa a primeira rodada, realizada no domingo com dois jogos: Uberlândia 2x2 Vila Nova e Tricordiano 3x1 Mamoré. A primeira fase terá dois turnos com os seis times, classificando os quatro primeiros para as semifinais.

MUDOU MUITA COISA

POR SE TRATAR DE UMA
nova competição, a diretoria tratou de mudar muita coisa. Dispensou mais de 15 jogadores, desde os mais jovens como Amaral, Nenê, Bob e Luan, que estouraram idade dos juniores, até os veteranos Ditinho, Indinho, Everaldo e Rodrigo. O técnico José Maria Pena foi outro que deixou o clube, sendo substituído pelo seu próprio auxiliar Maurélio Miranda. Aliás, ele foi o técnico na Taça do ano passado.

DEZ REFORÇOS

A OPÇÃO FOI MANTER
uma base jovem e buscar poucos reforços, somente para as posições consideradas carentes. Chegaram os laterais Diego Fiúza e Alemão (que só foi liberado do Foz/PR nesta semana), os meias Rafinha, André Malacrida, Esquerdinha e Anderson Toto, além dos atacantes Wesley e Hiroshi e do armador Rômulo, que estava emprestado ao Democrata/GV. O veterano goleiro Wilson voltou ao clube depois de um ano parado.

CAUTELA NÃO FAZ MAL

SOBRE O TIME DE HOJE
, Maurélio pode lançar o Funorte no 4-5-1, aparentemente cauteloso não apenas por um jogo fora de casa, mas, também, pelo fato de o Uberaba estar em ritmo de competição há praticamente dois meses, pois também disputa o Campeonato Brasileiro da Série D. “Sei que o Uberaba utiliza bastante as laterais e a gente vai ter que mostrar uma precaução a mais neste sentido”, disse, ao final do treino de relaxamento que comandou no campo do Madureira, ontem, em Uberaba (foto acima). E o Zebu vai usar mesmo a força máxima, no 3-5-2, pois só volta a jogar na competição nacional daqui a 10 dias. (Foto: Jornal da Manhã)

ÚLTIMA HORA E TIME

NO ENTANTO, DE ÚLTIMA
hora, o FEC chega à estreia com problemas, pois até as 18 horas de ontem, os nomes do meia Rafinha e do lateral direito Diego não haviam sido publicados no BID/CBF. O pior é que o Funorte levou para Uberaba uma delegação com apenas 18 jogadores e, dessa forma, o treinador perde duas opções para a suplência. Agora, pode lançar o time no 4-5-1 ou no 3-5-2. Fabrício para a direita e Hiroshi para o meio são as primeiras opções, mas Toto também faz a função na direita e seria outra alternativa, com Anderson atuando como terceiro zagueiro e Rômulo mais avançado. O Funorte entra Adson; Fabrício (Toto), Alex, Eddie e Thiaguinho; Marcelino, Toto (Anderson), Andrezinho, André Malacrida e Rômulo; Hiroshi.

STAND BY

A TORCIDA DO FUNORTE
vai ter que esperar um pouco mais para ver o fim do caso Vitinho no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), da CBF, e, quem sabe, comemorar pelo tapetão o acesso à elite do ano que vem do futebol mineiro na vaga do então vice-campeão mineiro do Módulo II: Mamoré de Patos de Minas.

15 EM 15

COM O ADIAMENTO
dos julgamentos que aconteceriam na quinta-feira passada (recursos 050 e 051), diante de um problema de saúde na família apresentado pelo advogado do Mamoré, os dois pedidos da Procuradoria da FMF contra o Sapo só serão apreciados na semana que vem. Isso porque o pleno do STJD só se reúne de 15 em 15 dias, segundo nos informou o jornalista Wellington Campos, setorista da Rádio Itatiaia (BH) na CBF.

PODE RETIRAR

ADIADO TAMBÉM
, o recurso do próprio Funorte contra a FMF, já que a entidade declarou oficial o resultado final do Módulo II antes de apreciada a denúncia no STJD, feita por sua própria procuradoria. Caso o clube de Montes Claros seja o beneficiado pelos dois primeiros recursos, é bem provável que o terceiro pedido seja retirado.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: