BMG/Montes Claros: onde estão os adversários do vôlei?

RISCO

PARA APRESENTAR SEU
novo time, já que pelo menos 80% dos jogadores foram contratados nos últimos três meses, o BMG/Montes Claros fez um planejamento para realizar, até o final deste mês, pelo menos cinco jogos no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves. A informação foi divulgada pela Veneta e pelo Jornal de Notícias na semana passada, mas, agora, correm o risco de não acontecer, pois clube norte-mineiro vem encontrando dificuldades com agenda dos convidados e até pior: a resistência de técnicos. Por enquanto então, só os treinos (foto).

SIM, MAS DEPOIS NÃO

O UPIS/BRASÍLIA
, que disputou sua primeira Superliga na temporada passada, foi procurado para três amistosos em Montes Claros. Chegou até a confirmar a viagem para o Norte de Minas. Mas, nesta semana, mesmo diante da garantia de hospedagem e alimentação em Montes Claros, o time do Distrito Federal comunicou a desistência, alegando dificuldades financeiras para custear as despesas com o transporte. O motivo seria a incerteza de um aporte financeiro de um dos prováveis patrocinadores.

AGENDA CHEIA?

JÁ O SÃO BERNARDO
(antigo Brasil Vôlei Clube), que é patrocinado pelo mesmo banco e assim como o Upis/Brasília foi anunciado como provável adversário nos jogos de exibição em agosto, estaria com a agenda cheia no restante do mês por causa da disputa do Campeonato Paulista.

BEAGÁ

OUTRAS DUAS NEGATIVAS
vieram de Belo Horizonte. Tanto o Sada/Cruzeiro como o Vivo/Minas, que realizaram um jogo-treino na quarta e fazem outro amanhã, foram convidados pela direção do Montes Claros para pelo menos dois jogos no Poliesportivo Tancredo Neves. Segundo o diretor executivo Victor Oliveira (foto ao lado), ambos alegaram que "preferem esperar pelos jogos oficiais para atuar na cidade". Podem até evitar o duelo por agora, mas no final do mês não haverá jeito, apesar de não ser no Ginásio Poliesportivo.

NO SUL, SIM

OS TRÊS TIMES MINEIROS
, além do atual campeão brasileiro Cimed, estarão disputando um torneio amistoso em Pouso Alegre, no Sul de Minas, organizado pelo laboratório que dá nome ao time catarinense e com o aval da FMV e da CBV. Nessa quarta-feira, durante a visita dos atletas do BMG/Montes Claros ao estande que a Funadem tem na Fenics, o dirigente disse à Veneta que "o clube não vai abrir mão de fazer estes amistosos em casa, já que o time mudou muito e seria a melhor maneira de a torcida se familiarizar com os novos jogadores".

RECOMPENSA

AO MESMO TEMPO, CONSIDERA
o jogo em Montes Claros para o lançamento oficial do time como uma recompensa à torcida pelo apoio durante toda a Superliga passada (mais de 106 mil pessoas em 19 partidas em Montes Claros). "Os torcedores podem ter certeza de que vamos atuar em casa e acreditamos que seja antes da viagem para Pouso Alegre", finalizou Victor Oliveira. (foto: Veneta)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: