Derrota em estreia; apresentação, lateral vai, quatro podem vir

TRÊS GOLS NA ESTREIA

O FUNORTE DEU
azar em sua primeira partida no Campeonato Mineiro Júnior. Perdeu para o Democrata por três a zero, sábado de manhã, no Estádio Emílio Vasconcelos Costa, em Sete Lagoas, na estreia dos dois times pela Chave C da segunda fase. Um dos gols foi marcado nos descontos.

PESOU

O FATO DE O
clube não ter registrado a tempo todos os seus jogadores fez com que o técnico Erivelto Martins (ao centro) recorresse a uma base mais jovem, muitos ainda em idade juvenil. Talvez essa falta de experiência, principalmente pelo fato de o Jacaré ter escalado um time já em seu último ano de Júnior, fez com que o Formigão fosse goleado. (Foto: Heberth Halley)

MUDANÇAS À VISTA

A CHANCE DE
reabilitação vai acontecer em casa, no próximo dia 24, contra o Venda Nova, em Montes Claros. Até a terça-feira, segundo a diretoria, o clube terá confirmado os registros de todos os jogadores da categoria. Como alguns deles são de outros estados e dependiam do envio da documentação de suas federações de origem (Paraná, Mato Grosso e São Paulo), a demora acabou comprometendo os planos para a estreia.

CURRÍCULO

O FUNORTE
JÁ conquistou duas vezes a terceira colocação geral do Campeonato Mineiro Júnior (2008 e 2009), o que lhe rendeu vagas na Copa São Paulo Júnior deste ano e do ano que vem. No planejamento do treinador, o clube terá até 35 jogadores disponíveis para a disputa da competição estadual.

DE VOLTA

MAIS UMA VEZ
na disputa da Taça Minas Gerais, que vale a quarta vaga do Estado na Copa do Brasil 2011, o time profissional do Funorte voltou aos trabalhos nesta segunda-feira pela manhã, com exames e testes físicos. No entanto, para a imprensa será apresentado oficialmente na terça-feira, às 15 horas, no Centro de Treinamento do Distrito Industrial, já que o clube prepara novidades.

NOVOS

A PRIMEIRA CONFIRMADA
está no comando técnico, com a volta de Maurélio Miranda (à esquerda), até então auxiliar técnico de José Maria Pena no Módulo II. O ex-zagueiro Odair Borges (à direita) assumiu a condição de diretor de futebol, enquanto Jeibson Moura, que respondia pela função, será o diretor executivo. Até agora, foram contratados apenas três jogadores: o atacante Hiroshi (ex-URT) o meia Guilherme e o atacante Wesley (ex-Guarani de Pouso Alegre). O lateral-dreito Osvaldir (América/TO), que havia acertado verbalmente o seu retorno ao clube, já foi descartado pela diretoria, tendo em vista a negociação do seu empresário com um clube de São Paulo. Por causa desse exemplo, a diretoria vai deixar para anunciar reforços somente quando acontecer a assinatura do pré-contrato. O meia Wemerson, que também passou pelo FEC, é outro que desistiu de voltar a Montes Claros. (Fotos: FEC)

MAIS QUATRO

MAS A VENETA
apurou que o FEC está trazendo para a cidade pelo menos mais quatro novos jogadores, todos já com o acordo verbal: um atacante, um meia-armador, um lateral direito e um lateral-esquerdo, todos com passagens por clubes da primeira divisão de Minas. É bem provável que sejam anunciados oficialmente na terça-feira e se apresentem até o final da semana. O Formigão terá pouco mais de um mês para arrumar a casa visando a estreia, dia 25 de agosto, contra o Uberaba, fora de casa.

SEIS JUNIORES

A META DA COMISSÃO
técnica é de trabalhar com pelo menos 25 jogadores, sendo seis em idade de juniores. Até o momento, o grupo conta com 18 atletas. A Taça Minas Gerais tem ainda na disputa do Uberlândia, Villa Nova, Mamoré e Tricordiano.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: