Módulo II: Funorte se apega ao Tribunal

POSSIBILIDADE

MESMO QUE
tenha sido derrotado em campo na rodada do último final de semana, para o Mamoré (0x1), mais uma vez em casa (foto ao lado), o que lhe custou a primeira colocação da chave C do Mineiro do Módulo II, o Funorte acredita que poderá voltar à ponta na 2ª fase e voltar à briga direta pelo acesso à elite de 2011. O clube é um dos denunciantes contra o próprio Sapo de Patos de Minas, que corre o risco de perder pontos “no tapetão”. (foto: Heberth Halley)

ARTIGO 214

O TIME
verde de Patos de Minas seria julgado ontem pela terceira comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Mineira de Futebol (TJD/FMF), com base no artigo 214, que analisa a utilização de jogador com suspeitas de irregularidade.


VITINHO

O ALVO DA
denúncia é o meia Victor Soares de Araújo Gomes, o Vitinho, que teria sido escalado nos jogos contra o Tombense (1x2) e Funorte (2x2) - foto ao lado - sem contrato em vigor. O curioso é que no próprio BID da CBF dá conta que o registro do atleta teve vigência de 11 de janeiro até o último dia 11, portanto, antes dos compromissos acima citados. (foto: Agesporte)

ADIAMENTO E CONTRADIÇÃO

MAS A SESSÃO
do júri de anteontem foi adiada para uma reunião extraordinária na próxima segunda-feira, tendo em vista que não há coerência entre os documentos apresentados pela defesa e pela acusação. Haveria duas versões para a mesma via de contrato. A do Mamoré dá conta de um contrato até o dia 11 de junho; a da FMF, até 11 de abril. Há suspeita até mesmo de rasura na via da Federação.

MENOS SETE?

SE PUNIDO
, o time de Patos perderá pelo menos sete pontos (três pela derrota diante do Tombense e quatro pelo empate com o Formigão), justamente sua atual pontuação que lhe garante, agora, a primeira colocação isolada na Chave.

TRANQUILO

EM PATOS
, A diretoria do time alviverde se diz tranqüila. O argumento do Funorte é reforçado pelo Tombense e como o BID é um documento oficial, o time montes-clarense carrega a certeza de que o Sapo será punido. Enquanto o julgamento não ocorre, o time se prepara para o jogo de sábado, às 16 horas, contra o Esporte Clube Itaúna (ECI).

CONDIÇÃO E NÃO JOGOU

O CURIOSO NISSO
tudo é que, no jogo do sábado passado, quando o Mamoré esteve em Montes Claros em venceu o FEC, Vitinho tinha condições legais de jogo, mas não foi sequer relacionado pelo reinador Luiz Eduardo, embora ele estivesse com o grupo reduzido por causa de seis desfalques por contusão e suspensão.

DUAS VITÓRIAS

O FUNORTE
tem cinco pontos, assim como o adversário. Para continuar com chances de acesso, sem se preocupar com o Tribunal, terá que vencer não apenas este compromisso, mas, também, na rodada final, contra o Tombense, em Montes Claros. Além disso, dependeria de pelo menos um tropeço do atual líder Mamoré. Apenas o primeiro colocado de cada chave conseguirá o acesso.

WELLINGTON: - 40% E FORA

POR CAUSA
da expulsão no sábado, na derrota para o Mamoré por um a zero, resultante de uma agressão ao zagueiro Claiton Mineiro no momento em que o seu time estava com dois atletas a mais, o meia Wellington Dias foi dispensado pelo Funorte.
NUM PRIMEIRO momento, ele foi multado em 40% do salário, mas após reunião com a diretoria acabou com o contrato rescindido. Dias chegou ao FEC nesta temporada com o status de xodó, mas estava contundido. Foi aproveitado em apenas dois jogos da primeira fase, voltou a se machucar, e só voltou na segunda rodada da 2ª, mesmo assim como reserva.
INTERESSANTE é lembrar que ele foi contratado com o status de salvador da pátria, não apenas pela técnica e pela experiência de clubes da 1ª e 2ª Divisões do futebol brasileiro, mas, principalmente, pela boa atuação com a camisa tricolor na conquista da Segunda Divisão/2008. (foto: Heberth Halley)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: