Anastasia "Nem a Copa"; doutor João, basquete de 5 mil, Piazza e o cinema

1ª DO BENEMÉRITO

ATLETICANO BEM
além das carteirinhas, já que é conselheiro Grande Benemérito do CAM - e com direito ao “Galo de Prata” -, o governador Antonio Anastasia esteve ontem em Montes Claros cumprindo agenda oficial (a primeira depois que assumiu como chefe do Executivo mineiro). Fui acompanhar a coletiva concedida na sede da OAB, onde falou da lei da mata seca, greve de professores, futebol e eleições, além do encontro com o arcebispo, o também atleticano Dom José Alberto Moura. (Foto: Agência Minas)

"NEM A COPA"

SOBRE ESSES
dois últimos quesitos, o novo governador fez uma associação e foi bem espirituoso. "Nem com a Copa do Mundo o povo mineiro ainda está preocupado, imagine com a eleição e suas pesquisas". Assim, deu a entender que acredita que a eleição começará somente após a disputa na África do Sul, assim como o ano brasileiro só se inicia após o Carnaval.

NOVATO

A IMPRESSÃO É DE
que o comentário veio como forma de reconhecer que ainda não está na retina dos eleitores mineiros, mas retrucou: “o conhecimento público que os possíveis adversários têm, é antigo, de outras eleições. Estou na minha primeira eleição” (e à espera de Aécio).

EMPATE = VITÓRIA

O FUNORTE/SELEÇÃO
de Brumadinho (ou vice-versa, como queiram) empatou com o Atlético, segunda-feira à noite, na estreia da Taça BH de Futebol Júnior. O jogo sem gols que foi comemorado como vitória por se tratar do atual campeão, que teve o montes-clarense Nikão como titular alvinegro. Os times estão na Chave A, que tem, ainda, o Caxias, Guarani de Campinas, Siderúrgica e Flamengo.

DOUTOR JOÃO


QUEM ACOMPANHA atletismo e tem mais de 30 anos sabe de quem se trata quando aparece o nome João da Mata. CORREDOR DE RUA do Atlético, na época sargento militar da Polícia mineira, venceu uma das primeiras corridas de São Silvestre nos anos 80.
VÍROU ídolo em 1983 porque o Brasil estava de jejum na tradicional prova há dois anos.
JÁ NA categoria de veteranos, repetiu a dose em 1995. Ou seja, bicampeão da São Silvestre.
O LEITOR DEVE estar se perguntando o porquê tanta história? Tem a ver com coincidência.
SE ALGUÉM FOR à Polícia Federal de Montes Claros ou mesmo ler alguma notícia da PF e ver o nome Delegado João da Mata, saiba que se trata do próprio. (Foto: Editora Abril)

PRIMEIRO JOGO

FRUSTRADA A tentativa da torcida do Funorte em suspender o primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro do Módulo II. Sem a liminar que foi pleiteada na Justiça Comum, na última quinta-feira, Mamoré e Guarani entraram em campo, segunda à tarde, no feriado municipal de Patos de Minas. Com o gol de Beré para o time de Divinópolis, o Sapo começou perdendo, mas conseguiu a virada por dois a um, gols de Reinaldo Silva.

SEM VITINHO

O TIME VERDE
garantiu a vantagem do empate para o duelo de volta, marcado para o domingo que vem. A título de curiosidade, mesmo o time de Patos entendendo que o atleta esteja legal, Vitinho, pivô da maior polêmica na competição, não foi relacionado para a partida. O goleiro Leandro, dos donos da casa, foi apontado como um dos principais responsáveis pelo resultado pela quantidade de defesas difíceis.

SETE PONTOS

COM A LIMINAR
, a ideia dos torcedores do FEC era de suspender a realização da final até acontecer o julgamento do recurso que a Procuradoria do TJD da Federação Mineira de Futebol (FMF) apresentou ao STJD da CBF, SEGUNDA à tarde, e que interessa ao clube de Montes Claros para que o Mamoré seja punido e perca os sete pontos pela irregularidade no uso do meia Vitinho com o contrato vencido em dois jogos da 2ª fase.

FOLGA

CAPITULANDO
como anda a vida do Funorte, à espera da Justiça Desportiva para subir de divisão no Campeonato Mineiro (o STJD deverá analisar o recurso provavelmente nesta quarta-feira). O time está de folga nesta semana. Na avaliação da diretoria, o elenco sentia-se desmotivado apenas treinando, ainda sem a expectativa de um jogo e, por isso, achou por melhor parar com os trabalhos. Serão retomados somente na terça-feira que vem. A liminar que a torcida apresentou, semana passada, poderá suspender o segundo jogo da final entre Mamoré e Guarani, domingo que vem.

JUSTIÇA

RECAPITULANDO A PARTE
da Justiça: por denúncia da Procuradoria da FMF, o “Caso Vitinho” foi à primeira instância na 3ª Comissão Disciplinar do TJD da FMF, que condenou o Mamoré por cinco votos a zero.
NA SEGUNDA INSTÂNCIA, o Tribunal Pleno do TJD inverteu o resultado e, pelo mesmo placar, deu como veredicto a isenção de culpa do Mamoré.
O STJD DA CBF SERÁ a terceira instância do “Caso Vitinho". Se for comprovado o erro na escalação, o Sapo perderia sete pontos, colocando o Funorte como primeiro colocado da Chave C e dono da vaga na final e no acesso à Elite de 2011.
MAS, vasculhando o organograma da Justiça Desportiva, eis mais uma pérola: o STJD também possui um Tribunal Pleno e a parte que se sentir prejudicada na decisão da terceira instância (Procuradoria ou Mamoré), ainda terá mais uma instância para recorrer.
AGORA SIM, eis a verdadeira instância final. Coisa de novela.

JOGO DE 5 MIL PONTOS

MAIS DE 5,6 mil pontos foram anotados no 1º Circuito 50 Horas de Basquete, realizado entre a sexta-feira e o domingo, numa promoção do curso de Educação Física da Funorte. A vitória foi do time amarelo, com 2830 a 2808 sobre a equipe verde (cores inspiradas no uniforme do Brasil para a Copa do Mundo). Esta foi a sexta edição do gênero “maratona de basquete” no Norte de Minas, reunindo setecentos atletas – 350 em cada time – e com o registro de novo recorde para um jogo ininterrupto da modalidade. (Foto: Geraldo Altamiro "Tatu")

DUAS CIDADES

A NOVIDADE
em relação aos anos anteriores foi a realização do Circuito em duas cidades diferentes. As primeiras 25 horas aconteceram nas dependências do Ginásio Darcy Ribeiro, no Montes Claros Tênis Clube (MCTC), entre as manhãs de sexta e sábado, com 500 jogadores a partir dos sete anos de idade. Assim que a etapa local foi encerrada, teve início a outra metade em Janaúba, com mais 25 horas de atividades em quadra, reunindo 200 atletas. O Circuito foi finalizado no domingo.

FUTEBOL, CINEMA...

UMA MOSTRA DE
cinema sobre futebol está entre as atrações para os torcedores de Montes Claros na véspera de mais uma Copa do Mundo, na África do Sul. Trata-se de um trabalho acadêmico do curso de Educação Física da Unimontes, sob o tema “Uma bola no pé e uma câmera na mão”, entre os dias 9 e 11 do mês que vem, com atividades no campus-sede e no Centro Cultural. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no hall do prédio seis da Unimontes ou no Centro Cultural.

...E PIAZZA

O EX-JOGADOR WILSON
Piazza, campeão mundial pela Seleção Brasileira em 1970 e da Tala Brasil (66) e da Copa Libertadores (76) pelo Cruzeiro, será um dos convidados especiais no evento. "Nosso objetivo é promover o debate de temas relacionados à interação do esporte e o cinema", analisa o professor Georgino de Souza Neto, o Gino, ex-secretário de Esportes e Lazer, coordenador geral do evento. (Foto: arquivo)

PARCEIROS

A INICIATIVA TEM
a Secretaria Municipal de Cultura como parceira, mas vai além da cidade, com as incursões de pesquisadores do Grupo de Estudos Sobre Futebol e Torcidas (Gefut), da UFMG e o Grupo Sport, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O tema nesta primeira edição é “Copas e o Cinema”, com abordagem em palestras e na exibição de filmes temáticos de carreiras como a de Mané Garrincha e Pelé, além do elenco do mundial de 1958, primeira conquista da seleção brasileira, na Suécia.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: