Onda dos bares, ingresso mais barato, nova chave do FEC, Mocão, Ateneu! vai lendo, vai lendo...

REAÇÃO E DERROTA

O PODER DE
reação do Montes Claros/Funadem foi impressionante, afinal, o time havia perdido os dois primeiros sets e conseguiu empatar - raça resumiria isso -, mas o Brasil Vôlei Clube conseguiu confirmar o mando de quadra e venceu o tie-break e o segundo jogo dos play-offs da Superliga Nacional de Vôlei, neste sábado à tarde, em São Bernardo do Campo/SP. (foto: Alberto Arruda/CBV)

PARCIAIS E LORENA 31

NOS DOIS
primeiros sets, erros demasiados nos poucos bloqueios. Talmo de Oliveira culpou a ansiedade. O time chegou a abrir uma vantagem de quatro pontos no set inicial, mas a reação do adversário foi fulminante, mesmo com alguns "rallies". As parciais foram de 21/25, 22/25, 25/23, 25/22 e 17/19, em duas horas e 32 minutos. Lorena, com impressionantes 31 pontos, foi o destaque individual do jogo; 28 deles foram de ataque, dois de bloqueio e um de saque.

MAIS UMA SURPRESA

NINGUÉM
tem mais dúvida do envolvimento de Montes Claros com o vôlei. Prova maior disso são as médias de público em seus 18 jogos em casa: 5.222 pessoas por jogo (com picos de 7,9 mil como na vitória sobre o Sada/Cruzeiro, ainda na primeira fase). Mas ontem, a cidade conseguiu nos surpreender ainda mais. Os botecos tradicionais, que ficam cheios geralmente somente nos dias de jogos do Atlético e do Cruzeiro, estavam lotados para acompanhar a transmissão de Montes Claros e BVC pelo canal aberto da Band.

TENDÊNCIA

UMA PENA
que a transmissão do Nivaldo Prieto foi tendenciosa do início ao fim, como se o Montes Claros fosse um time iraquiano dos tempo de Saddam Hussein tamanha era a frieza nas narrações dos pontos mineiros. Quando o sucesso era do BVC, a empolgação parecia a mesma de um jogo da seleção brasileira. Resultado: no porta que a emissora pôs para que a torcida participasse da transmissão, uma chuva de protestos e até xingamentos mais ásperos. Estava lá no facebook para quem queria ver.

TERCEIRO JOGO EM MOC

O CERTO É QUE O RESULTADO
no ABC Paulista empatou a série em um a um e força a realização do terceiro jogo. Como teve melhor campanha na primeira fase, o Montes Claros vai atuar em casa. Será na próxima terça-feira, às 18h30, no Poliesportivo Tancredo Neves. Enquanto a partida estiver acontecendo, outro time paulista vai curtir a folga. Com a vitória de 3 a 1, em casa, o Pinheiros/Sky foi o primeiro time a garantir vaga nas semifinais. Já havia vencido o primeiro jogo contra o Sesi/SP por três a dois. Sada/Cruzeiro e Vivo/Minas e Cimed/Malwee e Medquímica/Fátima/UCS fazem o segundo jogo neste domingo.

CASA TRANSBORDADA

COM OS BARES
cheios, excursões para São Bernardo e até montes-clarenses que moram em São Paulo indo ao ginásio, a diretoria captou a mensagem e vai abaixar o preço do ingresso para este terceiro e decisivo jogo. A inteira custa R$ 6,00 (meia R$ 3,00). Perspectiva não é de lotação do Poliesportivo, mas sim, de "transbordamento de gente" (se cabe a expressão).

PULGA NA ORELHA

MESMO ENVOLVIDA
com os jogos dos play-offs, a torcida do Montes Claros/Funadem carrega pulgas atrás da orelha. Quer saber, a qualquer custo, sobre a próxima temporada. Quem vai ficar? Esta informação a diretoria faz questão de guardar a sete chaves, mas deu para algo: alguns jogadores já estiveram reunidos para tratar do assunto e praticamente deixaram certo um acordo verbal para a renovação. O capitão Rodriguinho é um deles. A garantia para a permanência deles vai depender, primeiro, da definição do orçamento. Ou seja, a prosa com os patrocinadores será essencial.

TERCEIRO REVÉS

COM APENAS
três chutes a gol ao longo dos 90 minutos, a base jovem escalada pelo Funorte pouco criou e acabou derrotada pelo Tricordiano, ontem à tarde, no estádio José Maria Melo, que receneu apenas 429 pagantes. No jogo de encerramento da primeira fase, o time de Três Corações venceu por um a zero, gol do bom atacante Jonatas, de pênalti, aos 25 do segundo tempo. Foi o terceiro revés do Formigão como mandante em cinco jogos, mas que poderia ser traduzido como 'risco calculado'.

EXPLICAÇÃO

É BEM VERDADE
que o Funorte entrou em campo com um time bem desfigurado, já que três jogadores estavam suspensos (o goleiro Rodrigo, o zagueiro Anderson e o lateral Fabrício), dois foram poupados (o zagueiro Alex e o meia Andrezinho) e há, ainda, três contundidos (os laterais esquerdos Thiaguinho e Stanley e o meia Wellington Dias). Restou ao José Maria Pena recorrer aos jovens, alguns que deixaram a base do ano passado e foram até improvisados, como o atacante Oliveira, na esquerda, e o canhoto Luan como ala direito.

E LIDERANÇA

O PLACAR,
no entanto, não comprometeu a liderança da Chave A, com 17 pontos e confirmando o FEC como cabeça na Chave C da próxima fase do Campeonato Mineiro do Módulo II. A combinação de resultados definiu, ainda, os seus próximos adversários: o próprio Tricordiano, segundo colocado da Chave A, Itaúna e Tombense, terceiro e quarto colocados na Chave B. Uma formação razoável já que todos eles, sem distinção, são pouco tradicionais no futebol mineiro.

COMO FICOU

PARA RECAPITULAR,
os resultados finais da última rodada da primeira fase e a classificação geral das duas chaves. Funorte 0x1 Tricordiano, Araxá 1x2 Mamoré, URT 3x0 Poços de Caldas, Formiga 5x0 Valério e Guarani 2x1 Itaúna. Classificação: Chave A - 1) Funorte, 17; 2) Tricordiano (5) e Mamoré (-3), 15; 4) Poços de Caldas (-1) e URT (-2), 14; 6) Araxá, 8 (rebaixado); Chave B - 1) Formiga, 18; 2) Guarani, 13; 4) Itaúna (0) e Tombense (-1), 10; 5) Valério, 2 (rebaixado). Em parênteses, os saldos de gols.

NOVAS CHAVES

A SEGUNDA FASE
terá mais dois grupos com quatro times cada. Apenas o primeiro colocado de cada um, ao final de dois turnos, vai para a fase final. Automaticamente estarão garantidos na elite do ano que vem, nas vagas dos rebaixados Ituiutaba e Uberlândia. Os novos grupos são esses: Chave C - Funorte, Tricordiano, Itaúna e Tombense; Chave D - Formiga, Guarani, Mamoré e Poços de Caldas.

PRIMEIRA MÃO

ANTES MESMO
do jogo de ontem, contra o Tricordiano, o Funorte já sabia. A estreia na segunda fase, mais uma vez em grupo, será fora de casa. Aliás, bem longe. Já no sábado que vem, o Formigão vai encarar a Tombense, quarta colocada da Chave A na fase anterior. Tombos, quase da divisa mineira com o Rio de Janeiro, fica a 785 quilômetros de Montes Claros se a opção for por Diamantina e Vale do Aço. Por BH, pelo menos 80 KMs a mais. Será às 16 horas.

MICO
QUE O MÓDULO II não tem quase nenhuma moral na mídia estadual, isso é público, notável e outros termos do gênero. Mas não precisa também avacalhar como fez o site global, na semana passada, ao colocar a vitória do Funorte sobre o Mamoré em Poços de Caldas. (Clique na reprodução so site para ver a imagem maior)

ALIADAS

HÁ PELO MENOS
dois anos, a organizada "Jovem Tricolor" estende ao lado de suas faixas no Estádio José Maria Melo uma bandeira do Democrata/GV, o que consideram como torcidas aliadas. Pois bem, ontem, no Ipatingão, no primeiro jogo da semifinal do Mineiro vencido pelo Atlético por dois a um, lá estava a retribuição. A faixa da Jovem é que estava estampada junto aos democratenses.

NOVIDADES

UM DOS PONTOS
relevantes na 3ª Conferência Municipal do Esporte foi o anúncio do calendário de promoções esportivas em 2010. Na agenda da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer, Montes Claros vai ter, dentre outras promoções, um campeonato internacional de Parapente, com disposição de concorrer diretamente com Governador Valadares pelo posto de "capital do voo livre". NO entanto, data e premiação ainda não foram definidos.

CORUJÃO E NOSTALGIA

TUDO A RESPEITO
deste calendário foi anunciado na primeira seção de debates, quinta à tarde. Além do parapente e da manutenção de quase tudo o que foi feito em 2009, aparecem como outras novidades a Copa TV Geraes de Peteca, o Campeonato Corujão (com jogos das 19 às 23 horas nos campos de bairro), a volta do Campeonato Varziano, o Ginga Aê Comunidade (aulas de capoeira nas quadras comunitárias) e a nostalgia dos esportes de criança que tem muito marmanjo interessado: torneios de totó e bolinha de gude.

E O ORÇAMENTO?

SÃO, EXATAMENTE
, 28 projetos de competições esportivas ou atividades sociais para crianças, jovens, adultos e idosos, passando pelo truco, ginástica, futebol, kart, vôlei, natação, dentre outras áreas.
O CICLISMO terá seu GP Cidade de Montes Claros, prova nacional, dia 4 de julho, com premiação de R$ 17 mil, enquanto a IV Meia Maratona voltará às ruas no dia 5 do mesmo mês, com quase R$ 40 mil em prêmios. Tudo dentro das comemorações do aniversário da cidade.
O PROJETO de ginástica nas praças e avenidas de Montes Claros tradicionais na prática do cooper, como a Flamarion Wanderley (São José), Clarice Ataíde (Vera Cruz) e Mestra Fininha (Morada do Sol), além do professor de educação física, deverá ganhar o reforço de um fisioterapeuta.
MAS trocando em miúdos. Para ir da teoria à prática, hei de transpassar os obstáculos monetários. São poucos os projetos que já têm garantia dentro do orçamento – diga-se de passagem pouquíssimos.
PALAVRA DO secretário Toninho da Cowan, que assumiu o cargo há quase dois meses. Na resenha com ele, foi taxativo ao deixar claro que ainda vai depender dos recursos para tudo isso. Mais ainda: a participação da iniciativa privada será bem vinda.

MOCÃO: CAPÍTULO À PARTE

JÁ O MOCÃO
foi um capítulo à parte e superficial, mas com a promessa de destrinchá-lo nos próximos dias. O certo é que o antigo secretário, Sebastião Pimenta, foi desmentido quanto ao prazo dado de reinício das obras em 2010 - março, como ele adiantou em janeiro. O projeto antigo, para ficar bem claro, foi desfeito e o dinheiro repassado pelo governo federal será devolvido em parte (provavelmente R$ 700 mil). Montes Claros terá de assinar outro convênio e como em ano eleitoral o prazo para isso já se foi, somente no ano que vem as coisas vão sair do lugar. foto maquete: Fábio Marçal.

BASTIDORES

BASTIDORES DOS
clubes recreativos em Montes Claros. No Max Min, o assunto eleição já é latente, mesmo que o pleito esteja programado somente para o final do ano. Hamilton Maciel foi apresentado como candidato nesta semana, enquanto outro grupo ensaia o lançamento do ex-presidente Gualter Pereira. No Pentáurea, decretado (preto no branco) o racha entre a atual e a última gestão. O curioso ém que a eleição, há pouco mais de 3 meses, tenha acontecido por aclamação. Sobre o Lagoa da Barra, o clube pode fechar uma parceria com o Max Min.

BOLSAS

DONO DA
maior hegemonia do futsal de Montes Claros, o time feminino do Toquinha comemora a nova fase com a parceria com o colégio Sólido e há planos de disputar até mesmo o campeonato mineiro. Todas as doze atletas receberam bolsas integrais de estudos, além de novo material esportivo completo. Enquanto o ginásio do educandário não fica pronto – previsão para abril –, os treinos vêm acontecendo na Unimontes (terças e quartas) e na quadra do Maracanã em outros três dias da semana. Folga apenas na segunda-feira. Antonio Durães, o Toninho Toquinha, é o presidente.

FORA DA FMFS

PELA PRIMEIRA VEZ
nos últimos anos, o MCTC não renovou a sua filiação na Federação Mineira de Futsal (FMFS). Assim sendo, o time juvenil que está sendo montado vai disputar o Mineiro com o nome da Prefeitura, assim como já acontecem com outras cidades mineiras.

BETO E MAIS UM

DIRETO DE
Monte Azul, Alberto Bouchardet, comandante da ONG "Amigos do Trem", avisa que vai para a Copa do Mundo da África do Sul.
ESTÁ ENTRE os ganhadores da promoção que a Coca-Cola vem fazendo pelo próprio site e pelas mensagens de celulares. Se não me engano, é o primeiro norte-mineiro premiado.
O PRÊMIO lhe garante duas passagens – uma instransferível –, com direito a estadia, city tour e um ingresso para um dos jogos do Brasil na primeira fase, contra Coréia do Norte, Costa do Marfim ou Portugal.
COMO EXIGE o regulamento, garante que vai, mas o curioso é que, quando perguntado quem vai com ele: "por enquanto ninguém! A outra passagem é passível de negociação para quem tiver interesse". Divide até em três prestações. Coisas do Beto. Quer falar com ele?
albertobouchardet@hotmail.com.

RESENHA

DE VOLTA COM
a seção de frases marcantes, essa é do então governador Aécio Neves ao comentar - e bem -para o repórter Thiago Reis, na rádio Itatiaia, qual deveria ser o comportamento do Cruzeiro contra o Colo Colo, no jogo da primeira fase da Libertadores, no Mineirão: "Cuidado com o seu lugar aí na rádio. Em abril, eu já vou estar desempregado".


BROCA E O MATO

O MATO
para mais de metros está sendo desbastado no que era o campo do Estádio João Rebello, ainda casa do Ateneu. Mas com uma roçadeira ou patrola não seria mais rápido ao invés de três operários com foices? A bronca dos moradores, com medo de animais peçonhentos, mosquito da dengue e dos ladrões que por ventura podem estar usando o campo abandonado como esconderijo, já era antiga. A secretaria de esportes fez uma visita ao lugar, na sexta-feira passada, inclusive fotogrando tudo como registro para providências pertinentes.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

Solidariedade Igualdade Fraternidade disse...

Olá, Christiano... Como sempre, os seus textos sobre esporte são sempre bons... É bom salientar que o estádio e todo o patrimônio do Ateneu pertence a uma associação... Logo são de sócios que contribuíram para que o time pudesse ter vida... Quero ver como vai ser o destino final deste estádio... Saudações...